Cidade

43008

Vândalos voltam a destruir túmulos no cemitério de Osvaldo Cruz

Medidas tomadas pela Prefeitura não surtem efeito

OSVALDO CRUZ - Vândalos voltaram a barbarizar no cemitério de Osvaldo Cruz neste final de semana. Pelo menos mais dois túmulos foram destruídos.

A prática é comum porque o cemitério local não conta com sistema de vigilância 24 horas por dia, nem câmeras de monitoramento ou guardas de patrimônio, além de muros frágeis que são também constantemente destruídos.

Mesmo a Prefeitura tendo colocado iluminação na área vizinha com o Conjunto Agostinho Caliman e câmeras de monitoramento, o local continua com acesso livre e isto facilita o vandalismo.

Desta vez foram destruídos túmulos de João Abílio Firmino e Francisca Firmino e ainda Olívia Rossetti Clapis e José Clápis.

Esta é pelo menos a quarta onda recente de túmulos vandalizados no cemitério. Os primeiros casos do mês ocorreram no dia 18.

Anteriormente o próprio prefeito Edmar Mazucato havia incumbido o vice-prefeito, Adilson Ballardini de cuidar do cemitério e até agora houve melhorias na iluminação, colocação de câmeras e início da construção de um novo muro. O prefeito ainda não informou se haverá vigilância 24 horas por dia no local.

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole