Variedades

50401

Infectologista ensino como cuidar de máscaras e por que usá-las

Médico André Pirajá é de Presidente Prudente e dá dicas para enfrentar o inverno e prevenir doenças respiratórias

OSVALDO CRUZ - Começou hoje (7) a obrigatoriedade do uso de máscaras no Estado de São Paulo. Mas a dúvida das pessoas é como usá-las e como higienizá-las.

O médico infectologista prudentino, André Pirajá, esclareceu ao repórter Renato Campanari da Rádio Clube de Osvaldo Cruz sobre o uso das máscaras no combate ao coronavírus.

Segundo Pirajá, as máscaras servem como uma proteção a mais, porém não significa que substitua o isolamento social. "A melhor proteção é a higienização das mãos aliado a quarentena", diz Pirajá.

De acordo com o médico, a máscara apenas ajuda a prevenir a transmissão de pessoas assintomáticas para as demais. "A mais recomendável para a população utilizar são as de tecido mesmo e recomendamos que deixem as hospitalares para os profissionais da saúde", afirma o infectologista.

Higienização

Quanto à higienização, André Pirajá  afirma que "as máscaras devem ser lavadas ou deixadas no sol durante 3 ou 4 horas".  "Higienizá-las com álcool não é a melhor solução” explicou o Infectologista.

Em relações a doenças respiratórias durante esta época do ano, o médico deu algumas dicas importantes para o inverno como:

- sempre manter um umidificador por perto e;

- portas e janelas abertas para manter a casa bem ventilada.

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole