Tv, Teatro e Música

41505

Band desiste do “Pânico” e grupo tenta espaço na grade do SBT

A justificativa seria a queda expressiva do faturamento, o alto custo de produção e a baixa audiência do programa

SÃO PAULO - O colunista Flávio Ricco antecipou na segunda-feira, 23, em sua página no UOL, que a Band desistiu de produzir o programa Pânico e agendou o fim dos trabalhos para dezembro deste ano.

Oficialmente, a emissora não comenta o assunto, mas o blog soube que houve uma reunião entre Emilio Surita e seu time de humoristas no último domingo, 22, e foi ele o porta-voz da má notícia.

A justificativa seria a queda expressiva do faturamento, o alto custo de sua produção e a baixa audiência.

Isso, no entanto, não significa o fim do Pânico na TV. Silvio Santos, que no passado demonstrou interesse no grupo, está na mira de Tutinha e Surita (sócios e idealizadores da marca). A ideia é tentar ocupar as noites de sábado do SBT.

Lá no SBT, as fontes consultadas pelo blog dizem que são baixas as chances de isso acontecer, até porque a grade de 2018 já está fechada, e Celso Portiolli terá um novo programa no horário almejado pelo grupo. Além disso, há outras questões que não fazem brilhar os olhos dos diretores da emissora: formato (considerado desgastado), casting e custo de produção.

No entanto, uma ordem de Silvio Santos pode mudar tudo, embora já tenha dito, mesmo que em tom de brincadeira, que o Pânico “já deu o que tinha que dar”.

Ao blog, o SBT diz não ter nada a declarar sobre a possível transferência do Pânico. Emilio Surita e Tutinha também foram procurados, mas não atenderam as ligações.

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole