Saúde

43531

Secadores automáticos dos banheiros espalham bactérias

Micróbios espalhados vêm das fezes, que podem ser lançadas no ar quando damos descargas, especialmente nos sanitários sem tampa

INTERNACIONAL - Usar secadores automáticos para secar as mãos pode deixá-las mais contaminadas e sujas do que estavam antes. Segundo um estudo publicado este mês na revista especializada Applied and Enviromental Microbiology, estes secadores sugam os coliformes fecais do ar e os sopram na sua mão, além de espalhá-los por todo o ambiente.

Os cientistas responsáveis pela pesquisa compararam o ar normal do banheiro com o de jatos de secador de mãos e descobriram que colônias bacterianas se desenvolveram muito mais em amostras expostas ao secador. De acordo com o estudo, os secadores de mãos sugam o ar do banheiro, expelindo-as rapidamente, e nos breves momentos em que suas mãos ficam em contato com a saída de ar, elas serão expostas a muito mais bactérias do que o habitual.

“As bactérias nos banheiros vêm das fezes, que podem ser lançadas no ar quando damos descargas, especialmente nos sanitários sem tampa”, disse Peter Setlow, professor da Universidade de Connecticut e um dos autores do estudo, à revista Newsweek.

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole