Saúde

51132

Promotoria entra com ação para Marília fechar o comércio

Prefeitura editou decreto com maior flexibilidade do que a prevista na fase Laranja do Plano São Paulo

MARÍLIA - O Ministério Público de Marília entrou com uma ação pedindo à Justiça que a prefeitura da cidade seja multada por não obedecer as regras estabelecidas no Plano São Paulo, que define os parâmetros e limites da flexibilização do comércio e serviços.

O pedido dos promotores foi feito após a Prefeitura sancionar a lei autorizando a reabertura de estabelecimentos comerciais e prestadores de serviço do município além do que foi determinado pelo Plano São Paulo para a região de Marília.

A prefeitura já entrou com recurso e a decisão ficará a cargo do Tribunal de Justiça.

Nesta sexta-feira (31), a regional de saúde de Marília foi mantida na fase 2 (laranja) do Plano São Paulo, que permite abertura apenas do comércio, escritórios, concessionárias e imobiliárias.
 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole