Saúde

39748

Procura é grande, mas Osvaldo Cruz segue determinação do Estado e restringe vacina contra gripe

Grupos prioritários ainda são os únicos a receberem imunização

OSVALDO CRUZ - O corre corre no Centro de Saúde e Sala de Vacinas do Centro de Pediatria em Osvaldo Cruz por parte da população a procura de iminuzação contra a gripe foi grande na manhã de hoje (5), mas apenas os chamados grupos prioritários ainda recebem o medicamento.

O governo federal liberou para toda população a vacina contra a gripe na última sexta-feira (2), mas deixou a critério dos estados definir se todos ou apenas determinados segmentos da sociedade poderiam receber as doses. No Estado de São Paulo a secretaria de Saúde não permitiu a vacinação em geral e manteve os critérios até então praticados. A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, afirmou no sábado (3), porém, que para que isso seja possível novas doses devem ser enviadas ao estado. Por isso, o atendimento segue para o grupo especial.

"Não há doses suficientes de vacina para todos", disse a secretária de Saúde de Osvaldo Cruz, Ivete Alves Conca. O prazo para vacinação se encerra na sexta-feira (9).

Quem tem direito a vacina contra a gripe?

- Crianças de 6 meses a menores que 5 anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias)

- Gestantes

- Puérperas (mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto)

- Idosos (a partir de 60 anos)

- Profissionais da saúde

- Índios

- Pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional

- Portadores de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade

- Professores de escolas públicas ou privadas

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole