- Atualizado em 16:28

Saúde

48243

Osvaldo Cruz não terá campanha de vacinação antirrábica animal neste ano

Governo Federal não vai enviar doses da medicação e saída para os proprietários é comprar vacinas em clínicas particulares

OSVALDO CRUZ - A decisão do Governo Federal em não fornecer vacinas aos estados onde não há área de risco iminente de contágio por raiva animal levou a Prefeitura de Osvaldo Cruz a informar hoje (24) que neste ano não haverá campanha de vacinação para cães e gatos.

Segundo o médico veterinário do Município, Marcelo Morelli, "o Ministério da Saúde só irá repassar as doses para os locais de maior risco da doença no Brasil e como o estado de São Paulo não é considerada uma área de risco, não irá receber as doses da vacina", inviabilizando a imunização dos animais.

Os proprietários foram orientados a comprar em clínicas particulares as doses da vacina. Em méda cada dose da vacina em Osvaldo Cruz custa de R$ 10 a R$ 30.

Vacinação é obrigatória anualmente

Cães e gatos a partir dos três meses de idade devem ser vacinados contra a raiva anualmente. A doença é muito grave e pode ser transmitida para o homem e a vacina é a única forma de prevenção da raiva em cães e gatos.

Às prefeituras, o Ministério da Saúde informou que a entrega das doses está atrasada devido a problemas técnicos identificados na produção da vacina junto ao laboratório que a fornece. Informou ainda que as doses seriam enviadas aos Estados assim que a produção for normalizada.

Em nota, o Ministério da Saúde informou que adquire doses da vacina antirrábica para animais (cães e gatos) em quantidade suficiente para atender a demanda mensal dos Estados quanto à vacinação de bloqueio de foco, que ocorre quando um animal é diagnosticado com o vírus da raiva. Em 2019, foram enviadas 7 milhões de doses para todo o país, sendo 1,5 milhão para o Estado de São Paulo.

O Ministério distribui vacinas para os Estados, cabendo a estes fazer a distribuição a seus municípios. Atualmente, o Ministério aguarda a entrega do laboratório fornecedor, que informou ter identificado problemas técnicos na produção da vacina.

Ótica Veja 148 (saúde) - 24/07/19

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole