Saúde

42040

Operários abandonam a obra do posto da Vila Califórnia

Obra foi licitada para empresa de Iacri, que subempreitou para outra organização

Obra abandonada da UBS da Vila Paraíso (região da Vila Califórnia) (foto GIuliano Panvéchio) Obra abandonada da UBS da Vila Paraíso (região da Vila Califórnia) (foto GIuliano Panvéchio)

OSVALDO CRUZ - Operários contratados pela empresa .... para retomada da construção do prédio da Unidade Básica de Saúde da Vila Paraíso, vizinho ao Centro Comunitário da Vila Califórnia.

Funcionários dizem que não recebem os pagamentos e ainda há falta de equipamentos de proteção individual (EPI) e por isso deixaram os trabalhos desde ontem (5).

O empregado Kléber Serafim disse que não há condições de trabalhar. "A gente liga prá eles e eles não atendem e quando atendem nos tratam com chacota. Falam que mandaram mensagem sobre pagamento e nada. Estamos há 35 dias e eles ainda seguraram nossas carteiras profissionais e estamos sem poder sequer encontrar outro serviço", disse.

Os operários reclamam que um pedreiro já foi despejado do local onde morava e todos estão com dificuldades para despesas básicas como água e luz.

A empresa que contratou os profissionais é a JW de Marília, mas seria uma subempreiteira da vencedora da licitação, a Obracri. A reportagem tentou contato com ambas empresas, mas não conseguiu. Os telefones fornecidos pelos operários não atenderam.

Prefeitura

Por telefone, o prefeito Edmar Mazucato diz que não conhecia a situação e que o município contratou a empresa Obracri para retomada e finalização da obra.

Segundo ele, não houve nenhum pagamento à empresa Obracri antecipadamente porque o município paga por medição das etapas da obra. "Se há paralisação da obra e vamos fiscalizar. Pedi para a Secretaria de Engenharia verificar se a obra parou ou não e vamos notificar a empresa vencedora da licitação e tomar as providências cabíveis. Mas material e pagamento de operários é problema da empresa e a prefeitura não pode intervir", disse Mazucato.

Obra se arrasta desde 2011

A primeira notícia veiculada pela mídia sobre a construção da novela PSF Vila Paraíso é referente a 2011.

De lá para cá o prédio virou um pesadelo para a administração municipal e para a vizinhança. Até recentemente o local era conhecido como a "cracolândia" de Osvaldo Cruz porque era utilizado por usuários de droga como moradia e local de uso de entorpecentes.

O PSF da Vila Paraíso tem de 200m² e começou a ser construído no terreno atrás do Centro Comunitário Antônio Morelli (o antigo Plimec), na rua Santa Cecília e deveria suprir a demanda de parte da região oeste da cidade.

Após mais de cinco anos abandonada, a obra foi retomada há pouco mais de um mês.

Fotos:

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole