Saúde

43458

Médico oftalmologista alerta para Síndrome do Computador

Especialista diz que problema está cada vez mais comum

OSVALDO CRUZ - Hoje computadores já fazem parte de nossas vidas, e assim como os adultos, as crianças também podem desenvolver a Síndrome da Visão do Computador. Tornando necessário a atenção redobrada nos pequenos que ficam horas a fio diante do computador na escola, e em casa no videogame.

A síndrome é um problema que acomete as pessoas com três horas ou mais de uso do equipamento. Estima-se que de 70% a 90% dos usuários apresentem sinais da síndrome.

De frente para a tela, pisca-se cinco vezes menos que o normal, o que leva ao ressecamento do olhos, vista cansada e embaçada, entre outros sintomas.

“O olho faz uma força elevada para enxergar para perto. Usa-se um mecanismo que se chama “Mecanismo de Acomodação” e que, usado por muito tempo, gera cansaço, dores de cabeça, dificuldade para se enxergar de longe, oscilações para se enxergar de perto”, explicou Renato Cardim, médico oftalmologista.

Por isso, a recomendação é que para cada hora que a pessoa fique na frente de telas de computador, tablets, faça pelo menos dez minutos de visão de longe – em um ambiente externo, com luz solar e olhando para longe.

“É importante que as musculaturas de visão de perto descansem”, ressaltou Cardin.
 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole