Saúde

40095

Médica Cubana começa a atender no Posto do bairro Mira Ira

O prefeito diz que do valor do contrato dos médicos pela parceria "Mais Médicos", o governo federal arca com R$ 10 mil e o município com R$ 3 mil

Da esquerda para a direita, o vice-prefeito Adilson Ballardini, a médica Cubana Tamara Pena, o prefeito Edmar Mazucato e a secretária de Saúde, Ivete Alves Conca (Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Osvaldo Cruz) Da esquerda para a direita, o vice-prefeito Adilson Ballardini, a médica Cubana Tamara Pena, o prefeito Edmar Mazucato e a secretária de Saúde, Ivete Alves Conca (Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Osvaldo Cruz)

OSVALDO CRUZ - O município de Osvaldo Cruz recebe mais uma médica cubana através do programa Mais Médicos, em parceria com o Governo Federal.

Trata-se da Dra Tamara Gonzales Pena, que vai atender na Unidade Básica de Saúde do bairro Mira Ira. Ela vai chefiar a equipe do Programa de Saúde da Família (PSF) e foi apresentada à imprensa na última sexta-feira, 1º.

"Não falo muito bem português, mas espero melhorar com o passar dos dias. As pessoas aqui no Brasil são muito hospitaleiras e fui muito bem recebida. Espero fazer um excelente trabalho em Osvaldo Cruz", disse a médica.

Prefeito espera mais um profissional para abrir Posto do Jardim Primavera

Durante a apresentação da Dra. Tamara Pena, o prefeito Edmar Mazucato explicou que o programa Mais Médicos é vantajoso para o município porque traz para a cidade profissionais a um custo viável para a Prefeitura.

Osvaldo Cruz é contemplado com três médicos pagos em parte com recursos do Governo Federal e parte com dinheiro próprio.

"Já solicitamos mais dois profissionais e estamos aguardando. Esses dois médicos seriam para atender no posto do Jardim Primavera, ali na região da Merenda Municipal, cujo prédio encontra-se pronto, mas ainda pendente de contratação da equipe e alguns itens do mobiliário. Esperamos que até agosto ele seja inaugurado. O quinto médico seria para atender no PSF do Jardim Paraíso e acredito que em breve os médicos vão chegar", disse o prefeito Edmar Mazucato.

O prefeito diz que do valor do contrato dos médicos pela parceria "Mais Médicos", o governo federal arca com R$ 10 mil ao mês e o município com R$ 3 mil, sendo R$ 1,5 mil para moradia e R$ 1,5 mil para alimentação.

"A Prefeitura tem uma grande economia. Um médico de um PSF quando não contratado pelo programa Mais Médicos custaria para o município em torno de R$ 20 mil. Já o do Mais Médicos custa R$ 3 mil.

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole