- Atualizado em 04/07/2018 06:41

Saúde

44582

Cisap paga um mês de Santa Casa, mas dívida acumulada mantém suspensão de serviços

Montante de dívidas dos municípios com o hospital é de R$ 312 mil

OSVALDO CRUZ - A dívida dos municípios integrantes do Cisap (Consórcio Intermunicipal de Saúde da Alta Paulista) é de R$ 312 mil. O valor que o consórcio tem a pagar para médicos e outros prestadores de serviços é em torno de R$ 150 mil.

A crise vivida pelos municípios é apontada pelo presidente do Cisap, prefeito de Sagres, Ricardo Rived Garcia, como o motivo para a inadimplência do consórcio, entre outros fornecedores, com a Santa Casa de Osvaldo Cruz, o que levou o hospital a suspender os atendimentos hoje para pacientes que precisam de exames.

"Hoje  temos 11 cidades que participam do Cisap, entre as quais 8 são ativas. Os casos onde houve até mesmo ajuizamento de ação de cobrança de valores devidos foram Salmourão e Pracinha, muito embora municípios como Rinópolis, Lucélia, Sagres, Osvaldo Cruz e Flórida Paulista também tenham débitos em aberto", afirmou o prefeito Ricardo.

O presidente do consórcio destacou que para sair do Cisap o município deve primeiro quitar as dívidas e não é o que tem ocorrido. "As cidades pedem o desligamento, mas deixam dívidas. Já há processos judiciais em andamento contra pelo menos dois municípios. Mas esta é a realidade hoje do Cisap. Mesmo tendo quitado as dívidas do mês de dezembro de 2017 com a Santa Casa de Osvaldo Cruz, o hospital ainda manterá a suspensão dos trabalhos", lamentou Ricardo Garcia.

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole