Saúde

41887

Birigui: Médicos são presos em condomínio por furto de energia

Foram constatadas fraudes nos medidores

BIRIGUI -Dois médicos foram presos na manhã desta quinta-feira (23) em um condomínio de casas de alto padrão de Birigui, acusados de furto de energia mediante fraude nos medidores.

Os flagrantes foram feitos por policiais do GOE (Grupo de Operações Especiais) da Polícia Civil de Araçatuba, em cumprimento a mandados judiciais referentes à operação Gato de Botas 2, deflagrada pela Delegacia Seccional de Araçatuba em julho.

Técnicos

Equipe de investigadores esteve no condomínio no início da manhã, acompanhada de técnicos da CPFL Paulista. Segundo o que foi apurado pela reportagem, nas residências pertencentes aos dois profissionais de saúde, um cardiologista e um ortopedista, foram encontradas irregularidades nos medidores.

Os equipamentos foram recolhidos para perícia e os dois médicos levados à delegacia da cidade, onde prestariam depoimento e devem permanecer até serem encaminhados ao Fórum. Dois advogados acompanham os flagrantes.

Fiança

No início da tarde, os acusados passaram por audiência de custódia no Fórum de Araçatuba e foram liberados após pagamento de fiança de R$ 5 mil cada um.

O advogado Elber Carvalho de Souza, que acompanhou os flagrantes e a audiência de custódia, considera as prisões ilegais e descabidas. "As prisões causaram constrangimento ilegal para meus clientes", afirma. Ele informa que analisará o inquérito para preparar a defesa.

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole