Rural

49881

Água do Lençol Freático na região da Usina de Lixo está livre de poluição

Estudo atesta qualidade da água em região próxima ao Aterro Municipal

OSVALDO CRUZ - Um estudo realizado no final de 2019 e cujo resultado foi informado nesta semana atesta que o lencol freático (reserva de água no subsolo) da região da conhecida Usina de Lixo está livre de poluição. A informação é da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente.

De acordo com a engenheira ambiental Silvana Maciel, a a água pode ser utilizada para irrigações e, se tratada, até consumo humano. "A Prefeitura realiza desde o início de 2019 a finalização do antigo aterro municipal como exigência da Legislação Ambiental. Além de cessar o descarte de resíduos, os demais cuidados foram tomados para que nenhum dano ambiental fosse causado", disse.

Para tanto foram contratadas empresas para a realização dos trabalhos que evitassem futuros transtornos. "Uma das exigências é a execução de postos de monitoramento em pontos estratégicos na direção do lençol freático em toda área do aterro", explicou a engenheira Silvana Maciel.

"Semestralmente serão colhidas amostras de água para análise quanto a sua qualidade para se ter certeza que não está sendo poluída com o chorume do aterro. Como o aterro do município é muito antigo, na época em que foi implantado, era permitido o descarte do lixo em valas até 20 toneladas. Porém com o tempo a legislação foi mudada e hoje isso é proibido", explicou Silvana.

Entretanto, com os cuidados tomados no encerramento do aterro antigo e o manuseio dos resíduos no novo aterro o lençol freático da região está preservado.

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole