Regional

41608

Mulher é flagrada com capacitores eletrônicos escondidos em blusa durante visita em penitenciária

Agentes desconfiaram de volume em roupa e abordaram a suspeita, em Martinópolis

MARTINÓPOLIS - Agentes da Penitenciária “Tacyan Menezes de Lucena”, em Martinópolis, frustraram a tentativa de uma mulher entrar na unidade com capacitores eletrônicos escondidos dentro da blusa que vestia, segundo informou nesta terça-feira (31) a Secretaria da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo (SAP).

Segundo a SAP, a mulher foi ao presídio para visitar seu companheiro e, durante a revista, os servidores notaram um volume estranho rente à costura dos botões da blusa. Foi encontrado uma espécie de invólucro que continha 16 capacitores eletrônicos, os quais seriam entregues ao preso.

Este tipo de peça é utilizado em circuitos eletrônicos e que pode fazer parte, por exemplo, de radiotransmissores.

A SAP instaurou um procedimento de infração disciplinar contra o preso e a mulher. “Vale lembrar que os visitantes flagrados são excluídos do rol de visitas e levados à delegacia de Polícia Civil mais próxima, sem prejuízo de responderem na esfera criminal. Também é instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam os materiais podendo, ainda, ser instaurados Procedimentos de Apuração Preliminar para apurar supostas responsabilidades funcionais”, informou a pasta estadual.

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole