Regional

48052

Moradora de Tupi Paulista morre vítima de gripe H1N1

Laudo confirmou a doença

TUPI PAULISTA - Uma mulher, de 40 anos, morreu por H1N1 na Nova Alta Paulista. Ela era moradora de Tupi Paulista, mas recebia tratamento na Santa Casa de Dracena, onde foi a óbito. A confirmação da doença foi dada nesta segunda-feira (24), após laudo do Instituto Adolfo Lutz.

Conforme a Secretaria Municipal de Saúde de Dracena, a mulher morreu na última sexta-feira (21), na Santa Casa da cidade. A paciente ficou internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com suspeita de Influenza H1N1.

A confirmação da doença foi dada nesta segunda-feira (24), quando foi emitido um laudo do Instituto Adolfo Lutz.

Já a secretária municipal de Saúde de Tupi Paulista, Márcia Flora Procópio Matos, disse que a mulher havia mudado para a cidade há cerca de duas semanas e que não chegou a procurar nenhuma unidade de saúde do município, indo direto para a Santa Casa de Dracena.

A secretária de Saúde de Tupi Paulista acrescentou que a dose da vacina contra a gripe ainda está disponível para todas as faixas etárias na sala de vacinação do Centro de Saúde "Kanji Kawamura", das 7h às 17h.

No município, cerca de 4,7 mil foram imunizadas.

Nos grupos prioritários os índices ainda estão abaixo esperado: gestantes com 63%, puérperas com 85%, crianças com 86%, pacientes com doenças crônicas com 73% e trabalhadores da saúde com 75%.

Castilho 256 (regional) - 25/06/19

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole