Regional

47326

Justiça mantém condenação e ex-provedor da Santa Casa de Presidente Venceslau é preso

Antônio José Aldrighi dos Santos foi localizado em Presidente Prudente

PRESIDENTE VENCESLAU - A Polícia Civil prendeu, nesta quarta-feira (20), em Presidente Prudente, os empresários Gilmar Aparecido Alves Bernardes e Antônio José Aldrighi dos Santos, que também era provedor da Santa Casa de Presidente Venceslau, em face de condenação confirmada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. Ambos foram alvos da Operação Sanctorum, deflagrada em 2016.

A condenação, já em segundo grau, decorre de intensa atividade investigativa da Polícia Civil de São Paulo, que tramitou junto a Central de Polícia Judiciária de Presidente Venceslau.

Gilmar foi condenado à pena de sete anos e sete meses de reclusão. Já a condenação de Antonio José, que por muitos anos foi provedor da Santa Casa de Presidente Venceslau, é de seis anos, seis meses e 25 dias. Ambos cumprirão as penas em regime semiaberto.

À TV Fronteira, o advogado Emerson Longhi, que atua na defesa de Aldrighi, disse que se manifestará sobre as acusações apenas no processo. Contudo, declarou que deve recorrer da decisão e reforçou que depois de seis meses, o ex-provedor deve passar pro regime aberto.

A defesa de Gilmar Bernardes não foi localizada.

Revestir 91 (regional) - 21/03/2019

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole