Regional

46527

Interdição de aterro leva Prefeitura de Sagres a recolher lixo comum, resto de construção e recicláveis

Podas de árvores, móveis velhos e restos de tecido não podem ser colocados defronte às residências

SAGRES - A interdição do aterro de Sagres levou a Prefeitura da cidade a restringir os tipos de materiais que podem ser depositados pelos moradores para recolhimento do serviço municipal de coleta.

Em comunicado, a Prefeitura alerta que só recolhe lixo comum, restos de construção e recicláveis (papel, plástico, vidro e metais basicamente). Materiais como tecidos, podas de árvores ou móveis velhos não devem ser colocados defronte às residências.

A Prefeitura fez uma parceria com Inúbia Paulista para destinação do lixo desde que o aterro da cidade fora interditado pela Cetesb (órgão ambiental paulista).

Marcos Caldas 47 (regional) - 26/12/18

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole