Regional

51682

Homem acusado de matar e abandonar o corpo de sua ex-namorada em canavial em Adamantina, é condenado

Tiago Pina cumprirá 27 anos em regime fechado pelos crimes de homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver.

ADAMANTINA - O homem acusado de matar a ex-namorada, de 30 anos, e abandonar o corpo dela em um canavial foi condenado a 27 anos de prisão em júri popular nesta quarta-feira (7), em Adamantina.
 
Tiago Pina cumprirá a condenação em regime fechado pelos crimes de homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver, segundo a juíza Ruth Duarte Menegatti, que conduziu o julgamento.
 
Ainda foi negado a Pina o direito de recorrer da decisão em liberdade.
 
Vanessa Maciel, de 30 anos, foi encontrada morta na noite do dia 27 de maio de 2019 em meio a um canavial que fica numa área ao lado da estrada que dá acesso ao bairro Lagoa Seca, na zona rural de Adamantina. 
 
Então suspeito de ter cometido o crime, o ex-namorado da vítima foi preso na capital paulista também na noite do dia 27 de maio.
 
O caso foi registrado como feminicídio.
 
Casa Avenida 525 (regional) - 08/10/2020
Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole