- Atualizado em 10:37

Regional

45605

Ex-prefeito de Pompeia é condenado à prisão por fraudes em licitação

Detenção de cinco anos será em regime semiaberto, mas Oscar Yasuda poderá recorrer em liberdade

POMPEIA - A Justiça condenou o ex-prefeito de Pompeia, Oscar Norio Yasuda (PP), a cinco anos de detenção em regime semiaberto, além do pagamento de multa, por fraudes em licitação. A decisão ainda cabe recurso e o réu poderá recorrer em liberdade.

Por telefone, o ex-prefeito confirmou que houve falhas nos procedimentos licitatórios do setor e que ainda não foi notificado da decisão. Yasuda disse ainda que irá recorrer.

De acordo com a sentença, ao todo foram 182 irregularidades em licitações entre os anos de 2010 e 2012. A fraude foi constatada na compra de peças e serviços para conserto de veículos da frota municipal no valor de mais de R$ 480 mil.

No processo, Yasuda, que foi prefeito de Pompeia durante oito anos (2009 a 2016), alega que havia contratado uma pessoa com experiência em licitações e ficou surpreso quando o Tribunal de Contas do Estado (TCE) apontou a compra irregular.

Água na Boca 21 (regional) - 04/10/18

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole