Regional

51733

Empresário tupãense é roubado e consegue fugir após ser feito de refém de bandidos

Caminhonete do empresário foi apreendida e vários indivíduos preso

TUPÃ - Um grupo de criminosos foi preso após deter e fazer de refém um empresário tupãense na cidade de Bastos, entre a noite de sábado (17) e madrugada deste domingo (18).

A vítima, já em poder dos bandidos, só conseguiu fugir do interior de sua caminhonete quando seguiam sentido a Tupã e atolaram o veículo numa estrada de terra próximo ao Recanto das Águas.

A caminhonete do empresário foi apreendida e vários indivíduos presos numa ação da Polícia Militar com apoio da DIG (Delegacia de Investigações Gerais), especializada da Polícia Civil.

Segundo informações, a ocorrência começou a ser esclarecida quando um veículo suspeito Fox preto, ocupado por dois indivíduos, foi abordado pela PM, equipe do cabo Bertholdo e cabo Coneliam, na Avenida Tamoios, em Tupã.

Conforme informações da polícia, foram apreendidos no interior do carro uma arma e objetos do empresário, inclusive cartões bancários da vítima. Os indivíduos, um deles morador em Hortolândia, informaram que o empresário estaria nas mãos de outros membros da quadrilha. A partir deste momento foi acionado reforço pela Polícia Militar com apoio da DIG da Polícia Civil.

Os indivíduos detidos no Fox levaram a PM e Polícia Civil onde estavam outros três indivíduos do grupo, que após abandonarem a caminhonete da vítima na estrada do Recanto das Águas foram levados em um veículo Celta até uma chácara na vicinal Tupã – Juliânia.

O empresário, depois de ser feito refém em Bastos foi levado no interior de sua caminhonete até Tupã. Durante o trajeto, o veículo atolou na estrada do Recanto das Águas e a vítima conseguiu fugir, mesmo estando com as mãos amarradas. Depois de fugir para o meio de um mato, o empresário retornou para a vicinal Tupã - Quatá e conseguiu ajuda de um amigo tupãense.

Segundo informações da Polícia Militar os indivíduos foram conduzidos para a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Tupã e podem até responderem por formação de quadrilha e sequestro.

A Polícia Civil vai apurar para saber qual era a real intenção dos assaltantes, se era roubar bens do empresário mais a caminhonete ou mantê-lo sequestrado para pedir resgate aos familiares. O empresário, depois de receber ajuda do amigo tupãense, foi levado para a CPJ de Tupã.
 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole