Regional

51462

A Polícia Civil investiga se o surto de coronavírus que matou 15 idosos na Casa Emanuel, asilo de Tupã (SP), poderia ter sido evitado

Uma pessoa já foi ouvida, mas serão realizadas oitivas com médicos, funcionários e parentes das vítimas.

TUPÃ - A Polícia Civil investiga se o surto de coronavírus que matou 15 idosos na Casa Emanuel, asilo de Tupã (SP), poderia ter sido evitado. 

A investigação também apura se houve responsabilidade de alguma parte envolvida.
Uma pessoa já foi ouvida, mas serão realizadas oitivas com médicos, funcionários e parentes das vítimas. 
 
Os prontuários médicos já foram obtidos pelos policiais e serão analisados.
 
A equipe também investiga se havia algum indício da doença nos pacientes e funcionários e qual era o estado de saúde deles quando os idosos foram internados. 
A primeira morte na Casa Emanuel foi registrada no dia 13 de julho e o 15º óbito há um mês.
Por causa do surto, a Justiça determinou que a Vigilância Sanitária da cidade interditasse a Casa Emanuel. 
 
Todos os idosos foram transferidos para um outro prédio.
 
O advogado que responde pela casa de repouso informou que a direção está cooperando com as investigações e encaminhou todos os prontuários para a Polícia Civil. 
 
Disse também que entrou com recurso na Justiça solicitando o retorno das atividades do asilo em Tupã.
 
PH Multimarcas 286 (regional) - 11/09/2020
Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole