- Atualizado em 21/07/2018 08:27

Polí­tica

44766

Vereador Pazotto quer saber sobre conserto de pneus de máquinas com dinheiro da Educação e por que prédio da Câmara não tem autorização dos Bombeiros

Legislador faz série de denúncias, entre as quais que o prédio da Câmara está em desacordo com Lei de Acessibilidade

OSVALDO CRUZ - O vereador Roberto Pazotto (PP) concedeu uma entrevista à Rádio Max FM onde contesta pontos da administração municipal e ainda o fato do prédio da Câmara Municipal não ter autorização do Corpo de Bombeiros e estar em desacordo com a Lei de Acessibilidade.

De acordo com o vereador, no ano passado ele foi por três vezes ao Tribunal de Contas do Estado em Adamantina para contestar despesas que são enquadradas na área de Educação devido ao volume de gastos que devem ultrapassar R$ 20 milhões neste ano, como por exemplo conserto de pneus de máquina pesada, moto e de caminhão. "Eu estou pedindo para que a Prefeitura esclareça porque ao meu ver isso não seria gasto com a Educação", frisou Pazotto ao destacar que o objetivo não é de denúncia, mas em fiscalizar.

Foram gastos mais de R$ 700 mil no Centro de Saúde e reforma não termina

O vereador também apontou investimentos de mais de R$ 740 mil na obra de reforma do Centro de Saúde e a obra, apesar de anos, não terminou ainda. "Já gastaram R$ 759 mil em reformas no Centro de Saúde para estar do jeito que está e não vai ficar do jeito que está no projeto original", disse.

Quanto ao site da Prefeitura, Pazotto contestou a forma como o Ministério Público de Contas apontou quanto a necessidade de se publicar detalhes de concorrências públicas na modalidade "convite" no que se refere a contrator firmados e atas dos certames e as empresas contratadas pelo município, bem como os valores que envolvem obras e serviços. "Já vem sendo apontado a questão da transparência que tem que ter no Portal. E eu procuro atas e resultados das licitações e não tenho encontrado. As informações são importantes para que o Legislativo possa fiscalizar", protestou o vereador.

Licitações do Distrito "Lino Ferrari"

Quanto à venda dos lotes do Distrito Industrial "Lino Ferrari", localizado na saída para Salmourão, Pazotto também reclamou a falta de transparência quanto a se divulgar detalhes de quem comprou os terrenos e valores. "Já foram feitas duas licitações. Se você procurar no site da Prefeitura quem venceu a compra de cada terreno, essa informação também não consta".

Na opinião de Pazotto caberia à Secretaria de Indústria e Comércio ser uma incentivadora para a geração de emprego e renda no município. "TIve informações do fechamento de quatro empresas importantes da cidade. Então essas informações deveriam ser divulgadas e ainda uma campanha de incentivo para que empresas de outras cidades viessem investir em Osvaldo Cruz, mas o trabalho da Secretaria de Indústria e Comércio deixa a desejar", destacou.

Prédio da Câmara Municipal

A Câmara Municipal, que acabou de comprar o prédio onde está por R$ 600 mil, também não dá exemplo de adequação às normas porque não possui o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) e estaria em desacordo com a Lei de Acessibilidade. "Com esse dinheiro daria para fazer um prédio novo e dentro do que se exige hoje pelos Bombeiros e a Lei de Acessibilidade e não ter que remendar um prédio antigo", frisou.

"Vou perguntar sobre o AVCB. O prédio da Câmara, por exemplo, não tem sanitários para cadeirantes. Se a pessoa tiver que ir ao banheiro tem que usar uma escada. E não é só o prédio da Câmara. Tem escola, por exemplo, cheio de escadas. Isso não pode e por isso eu oficiei as autoridades pedindo informações", disse Pazotto.

Mazucato não fala com a imprensa

Através da Assessoria de Imprensa, o prefeito Edmar Mazucato disse que as contestações do vereador Pazotto serão respondidas via ofícios solicitados. O prefeito preferiu não dar explicações à imprensa para não polemizar os assuntos.

 

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole