- Atualizado em 10:48

Polí­tica

41218

Reunião da Amnap debate problemas enfrentados por municípios

Fila de espera para cirurgias, convênio deficitário de merenda escolar com Estado e fornecimento de medicamentos foram alguns dos temas debatidos

ADAMANTINA -

Com a presença de apenas oito prefeitos, a Amnap (Associação dos Municípios da Nova Alta Paulista) promoveu mais uma assembleia para debater problemas relacionados à região.

O encontro, realizado em Adamantina na tarde desta sexta-feira (29), contou com a presença dos chefes dos Executivos de Tupi Paulista, Junqueirópolis, Irapuru, Mariápolis, Sagres, Osvaldo Cruz, Parapuã, além de Márcio Cardim (DEM), prefeito anfitrião. Participaram ainda vereadores, assessores parlamentares, deputado federal, Izaque Silva (PSDB), de Presidente Prudente, e o vice-presidente da Associação Paulista de Município, ex-prefeito de Araraquara Marcelo Barbieri.

Abrindo a reunião, o prefeito de Adamantina propôs união dos municípios para acabar a fila de espera por cirurgias eletivas. Segundo Cardim, os programas atuais do governo do estado de São Paulo não são efetivos, sendo necessário uma mobilização em busca de uma solução para o problema.

“Temos que nos mobilizar para reivindicar ao governador que libere recursos para realização de mais cirurgias eletivas ou até mesmo com complexidade maiores”, cobrou Márcio Cardim, que explicou que os procedimentos seriam realizados nas Santas Casas locais, em um prazo de seis meses. “Precisamos de uma solução rápida e efetiva. Um programa que realmente acabe com as filas de espera”, enfatizou.

Em seguida, o presidente da Amnap, prefeito de Osvaldo Cruz Edmar Mazucato, destacou outro problema enfrentado pelos municípios na área da saúde: o custeio de medicamentos de alto custo. “O Estado não cumpre sua obrigação, fazendo que a Justiça determine a prefeitura o custeio deste medicamento. De uma hora para outra temos que pagar R$ 15 mil em apenas um remédio sem haver orçamento para isso”, disse.

Além disso, Mazucato prestou contas dos trabalhos realizados pela Amnap em prol dos 31 municípios da região. “Protocolamos ofício na Secretaria de Transporte para duplicação da SP-294 (rodovia Comandante João Ribeiro de Barros) entre Parapuã e Adamantina, pedimos também à Secretaria de Segurança Pública a reativação da base operacional da Polícia Rodoviária em Dracena e a finalização da sede da Polícia Militar na mesma cidade, estamos em contato ainda com Ministério da Saúde para solucionar a questão das UPAs (Unidade de Pronto Atendimento) de Adamantina, Dracena e Osvaldo Cruz, que não funcionam, e cobraremos ao Estado a liberação de mais recursos para arcarmos com as despesas da merenda escolar. Caso contrário, não renovaremos convênio”, afirmou.

Ainda sobre a merenda escolar, Mazucato explicou que Osvaldo Cruz tem déficit mensal de R$ 60 mil por fornecer alimentação aos alunos da rede estadual. “O valor do convênio é deficitário”.

O prefeito de Mariápolis, Val Dantas (DEM), propôs que nenhum município assine convênio com o Estado, como feito pela Prefeitura de Panorama no ano passado. “A situação de Osvaldo Cruz deve ser a mesma de todas as cidades. É necessário uma mobilização em conjunto”, disse. Mazucato completou: “Não é uma questão partidária, mas orçamentária”.

Barbieri afirmou que Associação Paulista de Município já realiza cobrança ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) neste sentido e apoiou a mobilização da Amnap. “Não podemos subsidiar o Estado”, destacou.

Ficou definido que os municípios devem prestar, até quarta-feira (4), informações sobre a situação da merenda à Amnap, que protocolará ofícios nas Diretorias de Ensino de Adamantina e Tupã, além na Associação Paulista de Município, para que os valores do convênio sejam revistos.

Além destes assuntos, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apresentou o Censo Agropecuário aos presentes, que começa neste domingo (1º), em todos os municípios do país.

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole