Polí­tica

50871

Mazucato sanciona lei que regulamenta funcionamento da Área Azul em Osvaldo Cruz

Mandatário afirma que legislação só poderá vigorar após a pandemia

OSVALDO CRUZ - O Prefeito de Osvaldo Cruz, Edmar Mazucato, sancionou nesta semana a lei aprovada pela Câmara Municipal que regulariza o funcionamento da Área Azul, a área de estacionamento controlado no centro da cidade.

Em entrevista, Mazucato disse que sempre foi a favor da Área Azul, desde o tempo em que foi vereador e explicou o porquê de o serviço ter sido temporariamente dispensado.

"Durante a segunda licitação, uma empresa de fora protocolou uma ação junto ao Tribunal de Contas questionando a maneira como o serviço vinha sendo feito em Osvaldo Cruz.  O Tribunal de contas notificou a Prefeitura sobre o suposto equívoco e tivemos que suspender as atividades que eram executadas pela Associação Jovem Aprendiz (AJA)/Área Azul. Isto porque a lei antiga não dava a oportunidade dessa e outra empresa participar da concorrência pública, o que foi apontado pelo Tribunal de Contas. Por isso tivemos que regularizar a matéria", explicou Mazucato.

Após a aprovação da nova lei por maioria na Câmara, o projeto foi à sanção do Prefeito Mazucato. "Sancionamos, mas já com um dispositivo em que determina a possibilidade de retomada da Área Azul apenas a partir do fim da pandemia. Outro cuidado é que o sistema será modernizado, com utilização de meios eletrônicos de operação", disse ao reforçar que só após a reabertura do comércio é que o serviço será licitado.

Outro aspecto lembrado por Mazucato é que o valor cobrado será o mesmo para aqueles que utilizavam o sistema rotativo de estacionamento municipal anteriormente.

O prefeito rebateu críticas feitas por redes sociais pelo Vereador Roberto Amor Lhana (PV). "A Câmara não possui informações sobre a próxima empresa que tomará conta do sistema. Aliás, ninguém tem esse poder porque haverá um processo público de concorrência. Poderemos ter empresas de qualquer lugar. E a AJA poderá participar e voltar a operar", afirmou Mazucato.

O prefeito criticou o posicionamento do vereador Roberto Amor Lhana a quem classificou como "desinformado". "O vereador antes de ir a público confundir as pessoas deve falar a verdade. Aqui fazemos as coisas com muito critério e seriedade. E também não penso ser justo qualificar quem gera empregos há anos na cidade de uma forma pejorativa como ele fez nos últimos dias. Lamento a postura do vereador, muito embora estejamos em ano político e essas coisas sejam comuns nesta época", criticou Mazucato.

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole