Polí­tica

48945

Contra reeleição, Doria diz que não tentará novo mandato em São Paulo

Governador do Estado de São Paulo ainda elogiou o ministro da Economia, Paulo Guedes,

SÃO PAULO - O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta quarta-feira (30) que é contra a reeleição e que não tentará um segundo mandato à frente do governo do Estado de São Paulo, além de defende uma reforma política no Brasil.

“Vamos fazer a reforma política. Sou a favor de uma reforma política que permita apenas uma eleição com mandatos de cinco anos. Defendo também que essa reforma política coloque o voto distrital misto, em uma proporcionalidade correta”, disse o governador tucano no evento Estadão Summit Brasil, em São Paulo.

Ao ser questionado se será candidato a presidente nas eleições de 2022, Doria respondeu que “o Brasil não pode discutir eleições presidenciais três anos antes”. “Não é hora desse debate, é hora de gestão”, disse Doria.

Sobre as críticas do presidente Jair Bolsonaro à eleição do peronista Alberto Fernández para a presidência da Argentina no último domingo (27), Doria defendeu o diálogo, o entendimento comercial e a “capacidade de exercer a diplomacia”.

“Temos que respeitar. Não podemos virar as costas para a Argentina, nem estigmatizar a Argentina. Não se questiona a eleição”, afirmou o governador.

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole