Polí­tica

49904

Conheça os Requerimentos dos vereadores que foram aprovados na 3ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Osvaldo Cruz

Vereadores pedem retomada de terrenos no Distrito Industrial 1

OSVALDO CRUZ - A Câmara Municipal de Osvaldo Cruz realizou na segunda-feira, 9, sua 3ª Sessão Ordinária do ano. Além de projetos de lei e indicações, os vereadores aprovaram os seguintes requerimentos, conforme seus autores:

Requerimentos do Vereador Valdemir Anselmo

19/2020 – A praça no bairro José Valter Seviero precisa de serviços de manutenção que foram apontados em indicação 265/2019. Até agora o local ainda não recebeu nenhum melhoramento. Quer saber o Vereador quando isso vai acontecer? Qual o prazo para essa manutenção para que o local fique em condições de uso pela população?

20/2020 – Valdemir Anselmo quer saber quais os motivos pelos quais o redutor de velocidade na rua Santa Paula, proximidades da creche Camila Nabas, ainda não foi construído e qual o prazo para o início das obras.

21/2020 –  O vereador quer saber quais os motivos das palmeiras mortas na pista de caminhada e área de lazer “Benedito Manoel Junior” ainda não terem sido retiradas do local e se foi realizada alguma análise de solo para saber os motivos das plantas terem morrido.

31/2020 – Valdemir Anselmo quer saber quem faz o controle de todas as normas exigidas pela Lei Federal 10.098, a chamada Lei de Acessibilidade. Ainda quem realiza a fiscalização das construções e sinalizações de rampas de acesso nas esquinas das ruas e se as mesmas estão sendo construídas dentro dos padrões técnicos exigidos.

32/2020 –  O Vereador quer saber quando as agentes comunitárias de saúde passarão a receber seus salários de acordo com o que o governo federal tem repassado a todos os municípios. Existe uma previsão para o referido pagamento? Hoje o piso salarial das profissionais é de R$ 1.440,94.

Requerimentos de Fábio Bertassi (Palhaço Parafina) e Roberto Amor Lhana

22/2020 – Os autores querem saber qual finalidade terá o prédio público municipal localizado na Rua Hans Clotz 421 ao lado dos Correios e se há alguma reforma programada para o local? Se existir, quais é o cronograma para informar o início e término da obra.

23/2020 – Os vereadores questionam a possibilidade de se construir uma cobertura no portão de acesso da Escola Alice Bernardes Silva, no Jardim Paraiso, até a entrada do pátio da referida escola. Nos dias de chuva alunos se molham ao descerem dos veículos de transporte durante o trajeto.

24/2020 – Os autores querem saber se há previsão para a construção de uma creche e uma escola de Educação Infantil para o bairro Beija-Flor. Se houver a possibilidade, querem saber qual a previsão de início das obras.

25/2020 – Roberto Amor e Fábio Bertassi procuram informações sobre o motivo da Rua São Lucas não estar dentre aquelas que receberão o recapeamento asfáltico, visto que a mesma está em péssimo estado de conservação e situada a apenas um quarteirão da rua Dr. Taves e da Avenida Felix Castilho Dias.

26/2020 – Pedem a construção de uma lombada na Rua 15 de Novembro próximo ao número 229. Com recapeamentos foram feitos naquele local a referida lombada existente se tornou ineficiente.

27/2020 – Os mesmos vereadores pedem pinturas em todas as lombadas e faixas de pedestre ao longo da cidade para um trânsito mais seguro.

28/2020 – Roberto Amor e Fabio Bertassi são os autores de Requerimento onde questionam as medidas tomadas para retomar os terrenos do DICOC II, DISTRITO Industrial e Comercial II.  Houve há anos a doação de diversos terrenos naquele local e os interessados não cumpriram os prazos nos contratos firmados. Os vereadores apontam os lotes 23, 24, 25, 26, 27, 28 e 29, localizados na quadra B, todos do mesmo donatário, (Brastank Indústria e Comércio Ltda) e que foram penhorados por uma instituição bancária e não podem agora ser doados a outras empresas. Pedem informações ao Departamento Jurídico da Prefeitura quanto a providências para a retomada dos terrenos e repasse a outros empresários que queiram investir na cidade.

29/2020 – Autores Roberto Amor e Fabio Bertassi pedem, se possível, o desmanche do prédio que abriga o antigo banheiro e o vestiário da quadra do Centro Comunitário da Vila Califórnia (antigo Plimec) na Av. Brasil cruzamento com a Rua Santa Cecília. O local está interditado e serve de esconderijo de desocupados e ponto de usuários de droga. Os autores solicitam também a demolição de muros que cercam o local e ali que sejam colocados alambrados para que autoridades e a Polícia tenham melhor visão do local.

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole