Polí­tica

49606

Câmara Municipal de Parapuã mantém parecer do Tribunal de Contas

Prefeito promete recorrer da decisão para ter direitos políticos preservados

PARAPUÃ - A Câmara Municipal de Parapuã manteve o mesmo entendimento do parecer do Tribunal de Contas do Estado referente à rejeição de contas do ex-prefeito Samir Alberto Pernomian de 2016.

A reportagem foi tentar uma entrevista com o Presidente da Câmara, Vereador Pastor Edson Rodrigues, mas ele preferiu não se manifestar.

Já o ex-prefeito Samir Pernomian falou que as contas de 2016 apenas não foram fechadas na parte de Educação. "O dinheiro foi investido em ônibus no mês de dezembro. Os veículos não foram entregues a tempo e o mandato chegou ao fim", disse.

O ex-prefeito mencionou que o valor foi transferido para uma conta especial. "O meio de transporte foi entregue no dia 8 de fevereiro e no mesmo dia foi efetuado o pagamento. Porém o Tribunal rejeitou e deu a entender que não atingiu o índice obrigatório de 25% do orçamento municipal para a Educação", explicou Samir.

O mandatário disse que deixou para a próxima administração R$ 3 milhões no caixa, R$ 1,3 milhões para reformas e obras como a creche, o CCI e metade da obra do Clube da Piscina e do estádio feitas. 

“A minha situação política é de que eu tenho a possibilidade de recorrer dessas rejeições de contas. A gente tem algumas teses quanto à rejeição e devemos entrar com um advogado e ver o que podemos fazer”, disse Samir Pernomian.

Entre outras consequências, a rejeição de contas pela Câmara Municipal torna o ex-prefeito inelegível por oito anos.

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole