Polí­tica

50048

Câmara aprova 5% de reajuste ao funcionalismo, mas tira aumento para Prefeito, Vice e secretários

Sessão extraordinária foi na noite desta quinta-feira (26)

OSVALDO CRUZ - A Câmara Municipal de Osvaldo Cruz retirou nesta quinta-feira (26) em sessão extraordinária a possibilidade de reposição salarial do Prefeito, Vice-Prefeito e secretários municipais, mas confirmou reajuste de 5% para todos os servidores municipais.
 
O texto original do projeto de lei, que previa reposição de 4,31% aos agentes políticos, foi suprimido pelos vereadores.
 
Na mesma proposta, a Câmara aprovou aumento de 5% para o funcionalismo, que na prática dá apenas 0,69% de aumento real.
 
O presidente da Câmara, Homero Massarente, explicou que havia o pedido de aumento de R$ 50 no valor do tícket alimentação dos servidores, mas o Prefeito Edmar Mazucato não acrescentou o reajuste no projeto.
 
Hoje pela manhã Mazucato justificou que o aumento no valor do tícke não é possível diante do momento vivido pelo país. "Precisamos verificar como fica a questão da economia do país e os repasses de verbas à Prefeitura. No entanto parabenizo os vereadores pelo reajusta concedido ao funcionalismo. Encaminhamos o possível, que é a reposição das perdas da inflação e mais 0,69% de ganho real. Lembramos que quando assumimos a Prefeitura o tícket alimentação era de apenas R$ 50", afirmou Mazucato.
 
Aprovado por unanimidade, o projeto agora vai à sanção ou veto do Prefeito Edmar Mazucato. 
 
Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole