Polí­tica

50689

Bolsonaro recria Ministério das Comunicações com genro de Silvio Santos

Jair Bolsonaro (sem partido), sua mulher, Michelle, a apresentadora Patrícia Abravanel e o deputado federal Fábio Faria (PSD-RN)

BRASÍLIA - O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou hoje em sua página no Facebook que vai recriar o Ministério das Comunicações e nomear como titular da pasta o deputado federal Fábio Faria (PSD-RN). O parlamentar é casado com a apresentadora Patrícia Abravanel, filha de Silvio Santos, dono do SBT. O decreto já foi publicado no "Diário Oficial da União".
 
Segundo Bolsonaro, será publicada uma MP (Medida Provisória) para desmembrar o atual Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, que atualmente é chefiado por Marcos Pontes.
 
 
No Twitter, Pontes desejou sucesso a Faria na organização do novo ministério. "Recriado o Ministério das Comunicações pelo presidente Bolsonaro. Continuamos juntos a compor a equipe do governo no comando da Ciência, Tecnologia e Inovações. Desejo sucesso ao ministro Fábio, que conta com meu apoio para organizar o novo ministério."
 
"Sem nenhum aumento de despesa, utilizando apenas de cargos de estruturas já existentes, o Presidente da República recriou o Ministério das Comunicações. A Secretaria Especial de Comunicação Social, hoje na Secretaria de Governo da Presidência da República, foi extinta e suas competências incorporadas ao novo Ministério", diz nota do governo federal.
 
Quem é Fábio Faria?
 
Fábio Faria é deputado federal desde 2007 e está no PSD desde 2011. O partido é considerado como parte do chamado "Centrão" no Congresso Nacional.
 
 
O Ministério das Comunicações existiu até 2016, quando a ex-presidente Dilma Rousseff foi afastada pelo Senado após a Câmara aprovar a abertura do pedido de impeachment que mais tarde terminaria com a cassação definitiva de seu mandato. Os governos petistas eram criticados pela quantidade de ministérios. Em 2015, eram 39.
 
O então presidente interino Michel Temer foi o responsável pela extinção da pasta, que foi criada ainda na ditadura militar pelo presidente Humberto de Alencar Castello Branco, em 1967. Nos últimos quatro anos as funções sempre estiveram com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.
 
Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole