- Atualizado em 10:42

Polí­cia

47937

Sistema de Segurança leva a prisão de motorista e acompanhante envolvidos em atropelamento com morte na vicinal Luiz Rovina em Osvaldo Cruz

Mulher caminhava às margens da estrada quando Saveiro a atropelou; motorista e passageiro fugiram

Dona Edna Alves de Melo tinha 57 anos de idade e morreu atropelada na vicinal Luiz Rovina (foto: FM Metrópole) Dona Edna Alves de Melo tinha 57 anos de idade e morreu atropelada na vicinal Luiz Rovina (foto: FM Metrópole)

OSVALDO CRUZ - A Polícia Militar prendeu, após identificar por sistema de segurança, a dupla que ocupava uma Saveiro com placas de Osvaldo Cruz, que atropelou e matou Edna Alves de Melo, 57, por volta de 18 horas desta sexta-feira (7).

As câmeras de monitoramento implantadas recentemente a partir do Projeto Hórus (parceria entre autoridades e a Associação Comercial e Empresarial de Osvaldo Cruz) capturaram o momento do acidente e identificaram o veículo, cujo condutor fugiu sem prestar socorro à vítima.

Os policiais receberam informações de que um indivíduo, proprietário de veículo com as mesmas características vistas nas imagens e residente em uma propriedade na região do acidente, poderia ser um dos envolvidos.

Os militares foram até o local e encontraram uma Saveiro de cor branca coberta por lençóis. Quando os PMs retiraram o pano perceberam se tratar do carro que poderia ter atropelado e matado dona Edna. O carro estava com danos na parte da frente.

O proprietário foi identificado como L.D.R.. Questionado sobre os fatos ele disse que se dirigia junto com um amigo de Salmourão para o sítio onde ocorreria uma festa quando atropelaram um cachorro. Segundo o rapaz de prenome Leandro, quem estava na direção do veículo seria um amigo seu morador em Salmourão.

O dono da Saveiro, L.D.R., foi preso em flagrante e levado ao plantão da Polícia Civil para esclarecimento dos fatos.

Outro envolvido preso em Salmourão

Em sequência, a Polícia foi até Salmourão e localizou P.J.S.F., (prenome Pedro). Ele disse que estava em uma festa num sítio em Osvaldo Cruz e que atropelou algo quando dirigia a Saveiro do amigo. O carro foi emprestado por Leandro, que era passageiro no momento da ocorrência.

O rapaz de Salmourão também foi preso em flagrante e conduzido à Delegacia de Osvaldo Cruz.

No plantão policial, apenas Pedro foi submetido ao teste do bafômetro, que apontou 0,42 mmg de álcool por litro de ar, o que caracteriza embriaguez ao volante como crime (o limite máximo é 0,05mmg).

O delegado fez o flagrante por homicídio doloso e recolheu os indiciados à Cadeia de Adamantina.

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole