Polí­cia

52051

Seis são presos em operação da PF contra tráfico internacional de drogas

Operação Entreprise, encabeçada pela Polícia Federal do Paraná, cumpre mais de 100 mandados em vários pontos do país.

RIO PRETO E ARAÇATUBA - Seis pessoas foram presas na manhã desta segunda-feira (23), na região noroeste paulista, durante a operação da Polícia Federal que combate quadrilhas de tráfico internacional de drogas. Segundo a PF, pelo menos 13 mandados foram expedidos na região.

As ordens de prisão e busca foram expedidas pela Justiça do Paraná, onde as investigações estão concentradas.
 
Em todo o país são 151 mandados de busca e apreensão e 66 de prisão expedidos pela Justiça Federal.
 
Policiais federais foram até um condomínio de luxo na região leste de Rio Preto. A polícia apreendeu carros importados e dinheiro, este escondido no fundo falso de um armário em uma casa do condomínio.
 
A polícia também encontrou uma metralhadora que, de acordo com a PF, estava regularizada.
 
Investigação
 
De acordo com a PF, as investigações encontraram sete grupos no Brasil que trabalhavam para a organização criminosa, um deles em Rio Preto. Segundo o chefe da PF no Paraná, Sérgio Luiz Stinglin de Oliveira, o grupo no interior de SP era responsável pelo transporte aéreo das drogas.
 
“Dois grupos fazem a logística para colocar cocaína no Porto de Paranaguá, um grupo em São Paulo e um grupo de logística de transporte, principalmente aéreo, em São José do Rio Preto”, afirma Oliveira.
 
Policiais da PF de Araçatuba também foram cumprir dois mandados no município, um de busca e outro de prisão, relacionado ao mesmo alvo. Mas segundo a PF da cidade, o procurado estaria em São Paulo e ninguém foi preso, apenas apreensão de material.
 
A operação Enterprise, encabeçada pela Polícia Federal do Paraná, tem como uma das ações combater a lavagem de dinheiro do tráfico de drogas. A investigação durou dois anos e, nesse período, a Polícia Federal apreendeu cerca de 50 toneladas de drogas do grupo criminoso.
 
A PF informou que a operação é uma das maiores da história na apreensão de cocaína nos portos brasileiros, já que se trata de uma organização criminosa especializada no envio de cocaína para a Europa. Também é uma das maiores em quantidade de mandados judiciais.
 
Ainda conforme a PF, estão sendo sequestrados aproximadamente R$ 400 milhões em bens do narcotráfico, como aeronaves, imóveis e veículos de luxo.
 
O esquema utilizado pelos criminosos consistia na lavagem de bens e ativos multimilionários no Brasil e no exterior com uso de vários laranjas e empresas fictícias, a fim de dar aparência lícita ao lucro do tráfico.
 
 
Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole