- Atualizado em 15:50

Polí­cia

45340

Primos suspeitos de trocar drogas por sexo são presos por tráfico em Araçatuba

Operação do GOE desarticulou dupla

ARAÇATUBA - Investigadores do GOE (Grupo de Operações Especiais) da Polícia Civil de Araçatuba prenderam na manhã desta quarta-feira (12), no bairro Alvorada, dois primos acusados de tráfico de drogas. Com eles foram apreendidas porções de crack, maconha e cocaína e um celular, no qual há mensagens trocadas com mulheres revelando a negociação de entorpecentes por sexo.

O flagrante aconteceu no início da manhã, em um imóvel na rua Uruguaiana. Há cerca de 15 dias os primos vinham sendo investigados, pois havia denúncia de que estariam comercializando entorpecentes.

Os investigadores fizeram campanas nas imediações da casa deles durante alguns dias e confirmaram uma movimentação típica do comércio de drogas, por isso, solicitaram à Justiça um mandado de busca e apreensão.

A ordem foi expedida pela 2.ª Vara Criminal de Araçatuba e os policiais surpreenderam um dos acusados, um desempregado de 26 anos, conhecido como Cabeça, saindo de um dos cômodos de uma das casas existentes no terreno. Ele é conhecido nos meios policiais e inclusive já foi processado e condenado por tráfico de entorpecentes.

Ótica Veja 14 (polícia) - 12/09/18

O acusado, que foi flagrado atendendo possíveis usuários de drogas durante as campanas feitas pelos policiais, trazia no bolso um frasco de remédio com 12 porções de crack. No quarto dele foi encontrada uma porção de maconha que foi apreendida junto com R$ 99,00 em dinheiro e um celular.

O primo dele, de 20 anos, também conhecido da polícia e que foi visto atendendo pessoas durante as campanas, foi detido em outra casa no mesmo terreno. No quarto dele foi encontrada outra porção de crack semelhante à apreendida com o outro acusado, vários pedaços de plástico normalmente utilizados para embalar drogas e no quintal das casas, um pino com cocaína.

Também foram apreendidos com ele, mais dois aparelhos de celular. Como o mandado de busca expedido pela Justiça autorizava acessar os telefones apreendidos, os investigadores passaram a analisá-los e em um dos aparelhos do acusado de 20 anos havia mensagens trocadas pelo aplicativo whatsapp sobre negociação de entorpecentes.

Duas das possíveis clientes eram mulheres e nas mensagens ele oferece porções de drogas em troca de favores sexuais. As cópias dessas mensagens devem ser anexadas no inquérito que vai indiciar os primos por tráfico e associação ao tráfico de entorpecentes.

Eles foram presos em flagrante e seriam apresentados à Justiça para audiência de custódia.

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole