Polí­cia

46951

PM Ambiental faz flagrante de pesca proibida junto à cachoeira do Salto Botelho

Peixes aprendidos na operação, ainda vivos, foram devolvidos ao Rio Aguapeí

LUCÉLIA - Neste domingo (3), uma patrulha da Polícia Militar Ambiental fez um flagrante de pesca proibida, nas proximidades da cachoeira do Salto Botelho, no Rio Aguapeí, em Lucélia.

Segundo a corporação, a pesca está proibida em razão do período da piracema, de proteção à reprodução dos peixes. Há ainda o agravante do local, próximo à cachoeira. A prática flagrada pelos policiais fere o Artigo 36 da Resolução SMA 48/2014.

Diante do flagrante, os policiais lavraram o Auto de Infração Ambiental (AIA) e aplicaram multa simples de R$ 829,40, e o caso deverá ser apresentado via ofício à Delegacia da Polícia Civil de Lucélia, para as providências penais que a autoridade policial julgar pertinentes ao caso, com base no Artigo 34 da Lei Nº 9.605/98.

Foram apreendidos 6,47 kg de pescados, ainda vivos, retidos em uma gaiola submersa. Os peixes foram soltos no rio pela patrulha ambiental.

Casa Avenida 129 (polícia) - 06/02/19

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole