Polí­cia

52421

Faxineira é presa após furtar luvas cirúrgicas do HC e fugir da polícia

Mulher admitiu que usaria luvas para trabalho extra como cuidadora de idosos.

MARÍLIA - A auxiliar de limpeza Juliana da Cruz Labaderra, de 23 anos, foi presa por policiais militares na noite de terça-feira (5) acusada de furtar caixas com cerca de 500 luvas cirúrgicas do Hospital das Clínicas (HC) de Marília.

Os policiais militares realizavam um bloqueio de trânsito na rua João Batista Rafael quando a acusada, que conduzia um Fiat Uno, placas de Marília, desrespeitou a ordem de parada, mas foi perseguida e abordada ainda nas proximidades.
 
A auxiliar de limpeza alegou aos policiais militares que tentou a fuga por não possuir habilitação. Buscas no veículo encontraram cinco caixas com luvas cirúrgicas.
 
Juliana admitiu que é funcionária no HC e que pegou os produtos sem autorização de seus superiores. Ela ainda confessou que usaria as luvas em trabalho extra como cuidadora de idosos.
 
A auxiliar de limpeza foi indiciada em flagrante pelo crime de peculato e encaminhada para a cadeia feminina de Pirajuí. A pena pode chegar até 12 anos de prisão em regime fechado.
Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole