Polí­cia

48736

Cantor sertanejo pega 30 anos de prisão por matar companheira com dez facadas em Araraquara

'Justiça foi feita', diz irmã de gerente assassinada em abril de 2018

ARARAQUARA - O cantor sertanejo Antônio Marcos Bueno foi condenado a 30 anos de prisão por assassinar a companheira Camila Lourenço com dez facadas no ano passado, após quase 9 horas de julgamento no Fórum de Araraquara, nesta terça-feira (1º).

Bueno foi condenado em regime fechado por homicídio, feminicídio, motivo torpe e meio cruel. A decisão cabe recurso. A defesa dele não foi encontrada para comentar a sentença.

O julgamento começou por volta das 10h e sete pessoas foram sorteadas para compor o júri popular. Além do réu, outras quatro testemunhas também foram ouvidas durante o dia, entre elas, parentes da vítima.

Antes do início do julgamento, um grupo de mulheres, familiares e amigos de Camila fez uma manifestação em frente ao Fórum pedindo por justiça.

A defesa alegou que o cantor agiu em legítima defesa.

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole