Polí­cia

52478

Advogado investigado na Operação Raio X, que apura o desvio de verba da área da saúde, é preso em Araçatuba

O acusado era considerado foragido desde outubro de 2020.

ARAÇATUBA - Um advogado de 36 anos, investigado na Operação Raio X, que apura o desvio de verba da área da saúde, foi preso em Araçatuba.

Luciano Abreu Oliveira se apresentou espontaneamente na delegacia. Ele é apontado como responsável pelo setor jurídico do esquema.
 
O advogado era considerado foragido desde outubro de 2020, quando a Justiça acatou a denúncia e converteu a prisão dele em preventiva.
 
A operação Raio X foi deflagrada em 29 de setembro de 2020 e terminou com a prisão de mais de 50 alvos. Investigações realizadas pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e pela Polícia Civil apontaram que a organização criminosa era liderada pelo médico Cleudson Garcia Montali.
 
Por meio da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Birigui e Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Pacaembu, Cleudson Montali celebrou contratos de gestão mediante licitações fraudulentas com o poder público para administrar a saúde de diversos municípios e desviando parte do dinheiro repassado por força do contrato de gestão às referidas Organizações Sociais.
 
O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado e a Polícia Civil descortinaram um esquema de desvio de dinheiro público extremamente orquestrado e sofisticado por meio de contratos de gestão não apenas no município de Birigui, mas em diversos municípios do estado de São Paulo e também em outros estados.
 
Castilho 577 (polícia) - 13/01/2021
 
Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole