Natureza

53134

Grupo é multado em R$ 1,5 mil por caçar capivaras em represa de Tupã

Equipe da Polícia Ambiental monitorou caçadores em plantação de mandioca e constatou atividade irregular.

TUPÃ - Um grupo de caçadores foi multado em R$ 1,5 mil por caçar capivaras neste sábado (20) na represa de uma fazenda em Tupã (SP).

Segundo a Polícia Militar Ambiental, a equipe recebeu uma denúncia de que cinco pessoas iriam caçar na região e, ao chegar no local, entrou em uma plantação de mandioca e passou a monitorar o grupo.
 
Ainda de acordo com a polícia, a equipe percebeu que os caçadores soltavam cães no local e aguardavam as capivaras passarem na entrada do córrego para caçá-las. No entanto, depois de um tempo, os policiais desconfiaram de que o grupo foi avisado sobre a presença da equipe e fugiu.
 
A equipe da PM Ambiental passou a fazer patrulhamento e abordou um dos homens, que confessou estar caçando capivara com os amigos. Outros dois suspeitos também foram identificados.
 
A polícia elaborou três autos de infração ambiental por caçar animal silvestre sem autorização, com multas que totalizaram R$ 1,5 mil.
 
Em Álvaro de Carvalho, a Polícia Ambiental elaborou, neste sábado (20), um auto de infração no valor de R$ 2,5 mil por destruição de árvores ou plantas de ornamentação em logradouro público.
 
Segundo a PM, a equipe foi atender uma denúncia e constatou o corte seletivo em área urbana de cinco árvores, do tipo Palmeira Imperial, na Avenida Paulo Bispo Sales, e multou o denunciado.
 
Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole