Mulher

33237

Crianças que comem salgadinhos ficam desatentas e hiperativas

Cuide da lancheira do seu filho

INTERNACIONAL - Com o fim das férias, além da preocupação dos pais e mães com a adaptação ou readaptação dos pequenos na escola, surgem também as dúvidas sobre como montar uma lancheira saudável para as crianças. Embora venha crescendo o cuidado com o que se come no Brasil,  a maioria das crianças ainda ingere produtos industrializados, que não trazem, segundo especialistas, benefícios à saúde. Por isso, pedimos à médica Bruna Pitaluga Peret Ottani, mãe do Pedro e da Júlia, ambos em idade escolar, pós-graduada em Nutrologia e membro da IFM, dicas de como cuidar do lanche da garotada.

Eis a entrevista:

1) Qual a importância de uma alimentação saudável desde a primeira infância?

Bruna – A primeira infância funciona como uma reserva para a criança. Nos primeiros anos de vida, a criança que se alimenta bem tem mais chances de ser saudável e inteligente, porque a boa alimentação ajuda o sistema imunológico (que defende o nosso corpo de doenças) e ajuda no desenvolvimento do cérebro. O contrário também é verdadeiro: uma criança que se alimenta mal tem mais chances de ficar doente e ter problemas cognitivos.

2) Como preparar uma lancheira saudável?

Bruna – A lancheira ideal deve ter os três macronutrientes necessários: proteína, carboidrato e ácido graxo. Simplificando, proteína são as carnes (vermelhas e brancas, queijos), ácidos graxos são as gorduras (azeite, azeitona, abacate, óleo de côco, castanhas) e carboidratos são todos os outros nutrientes não listados. Frutas, verduras, legumes e farinhas, por exemplo, são considerados carboidratos.3) Quais alimentos devem estar presentes nas lancheiras das crianças?

Bruna – Tente criar uma lancheira com os três nutrientes acima. Coloque uma fruta, castanhas e queijo, por exemplo. A melhor lancheira deve ser variada. Mude os alimentos durante a semana porque é importante que o seu filho coma da forma mais diversificada possível, assim ele começa a diferenciar os sabores e cria um paladar mais saudável.

4) Quais alimentos não devem ser consumidos pelas crianças?

Bruna – Salgadinhos e barras de cereal. Esses produtos são ricos em substâncias tóxicas para o desenvolvimento do cérebro da criança, afetam o humor e o desempenho cognitivo. Salgadinhos contém glutamato monossódico, que estimula o cérebro de maneira negativa. Trabalhos científicos mostram que crianças que consomem esses produtos estão propensas a ter hiperatividade e a ficarem desatentas em sala de aula.5) Sabemos que o exemplo dos pais é fundamental para as crianças. Assim, pais que comem bem tendem a ter filhos que sigam seus hábitos. Mas o que fazer para que a criança prefira consumir brócolis, por exemplo, ao frango empanado das redes de fast food?

Bruna – Devemos lembrar que o instinto mais primitivo é o da sobrevivência. Nenhuma criança passa fome porque não come o brócolis que tem em casa. Se toda vez que a criança recusar um alimento os pais oferecerem comidas ditas fast food, ela aprende que se não comer o brócolis vai ganhar o frango empanado. Uma pessoa demora para desenvolver o paladar para um determinado alimento. É normal que, ao experimentar a primeira vez uma comida, a criança diga que não gostou. Esse mesmo alimento deve ser oferecido repetidas vezes até a criança desenvolver o paladar. Também não é recomendado disfarçar o sabor, como esconder o brócolis para a criança não sentir o gosto. Brócolis é brócolis e tem sabor próprio. Os pais são responsáveis por ensinar os filhos sobre a importância da alimentação. A criança que sabe que comer bem é importante para aprender, ser saudável ou desempenhar bem uma atividade física é mais receptiva a experimentar esses alimentos e vê essa experiência como uma oportunidade de ser melhor em alguma coisa. Qual menino não quer ser melhor no futebol, por exemplo?

6) Por mais que os pais não ofereçam certos alimentos e guloseimas aos seus filhos, em algum momento eles descobrem, geralmente em festas infantis ou na casa de amigos, doces e salgados que deveriam passar longe de um cardápio saudável. O que fazer nesses casos? Qual a freqüência que uma guloseima pode ser permitida? O chocolate, por exemplo, pode ser consumido uma vez por semana?

Bruna – Guloseimas fazem parte da sociedade, infelizmente. Se a criança não tem esse salgadinho em casa, será exposta a essa guloseima esporadicamente. A casa deve ser o maior exemplo. O ideal é mudar o cardápio das casas de festas e aniversários para mais saudáveis. Esses alimentos são fornecidos em grandes eventos porque são baratos. Apenas isso. É mais barato fazer batata frita do que servir espetos de tomatinho com queijo, por exemplo. O custo de produção é determinante na qualidade do alimento fornecido nessas festas. As crianças comem o que é de pior qualidade e mais barato em festas infantis.7) É saudável criar “um dia livre” na alimentação das crianças?

Bruna – Não. O alimento consumido no ¨dia livre¨ é visto pela criança como uma recompensa. Ela passa a semana inteira esperando o momento de ir a uma lanchonete com os pais. Perceba a influência na mente dela que está em construção: uma vez por semana ela sai com os pais para ir na mesma lanchonete comer a mesma comida. Isso se transforma num hábito nocivo. São crianças propensas a obesidade e compulsão alimentar, porque usam a comida como conforto, compensação pelos problemas vividos.

8) O que fazer com crianças que se recusam a comer frutas, verduras e proteínas como a carne, o frango e o peixe?

Bruna – Primeiro, seguir a orientação anterior de oferecer o alimento e não substituí-lo por outro. Segundo, não esconder o alimento no meio da comida para disfarçar o sabor. De qualquer forma, todos temos um paladar único. É normal ter um alimento que não agrada ao paladar. O que os pais não podem é achar que a criança não gosta de nenhuma verdura, legume ou fruta. Substituir esses alimentos por industrializados a partir daí é um erro.

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole