- Atualizado em 16:45

Eu Repórter

45989

Guerino Seiscento se manifesta sobre reclamação de passageira de superlotação em ônibus da linha Marília-Prudente

Representante da empresa afirma que ônibus suburbano pode transportar passageiros em pé

TUPÃ - A empresa Guerino Seiscento se manifestou agora a tarde sobre a reclamação de usuária do transporte da linha entre Marília e Presidente Prudente, que passa por Osvaldo Cruz às 18h40 aos domingos.

O representante da empresa, Tales Seiscento Baptista, afirma que a usuária Rafaela pode formalizar a reclamação pelo telefone 0800-770-0600 e que a linha citada pela usuária é do tipo Suburbano, onde a passagem é praticamente metade do preço da outra modalidade - Rodoviária - e onde há autorização da Artesp (Agente de Transporte do Estado de São Paulo) para que os passageiros viajem em pé.

Os ônibus suburbanos têm passagens mais baratas e fazem embarques e desembarques na maioria dos municípios no percurso. Já os rodoviários não entram em todas as cidades e os passageiros só podem viajar sentados. Nos Suburbanos é possível a viagem em pé de parte dos passageiros.

"A usuária que reclamou tinha opção de viajar em duas outras empresas que fazem o transporte na modalidade Rodoviária - Andorinha e Garcia", mencionou ao citar que o trajeto Osvaldo Cruz-Presidente Prudente ainda tem outros horários aos domingos. "O Andorinha tem horário aos domingos às 15h35 e às 22 horas e a Viação Garcia às 12 horas", explicou Tales Seiscento Garcia.

A diferença de preços entre as duas modalidades de transporte é grande. Enquanto no transporte Rodoviário a passagem na Viação Andorinha custa R$ 21,17, a Guerino Seiscento do tipo Suburbano é de R$ 12. 

Sobre a chamada da usuária em relação à Polícia Militar denunciando a superlotação e a PM não ter feito nada a respeito é porque não houve irregularidade quanto ao número de passageiros no domingo. "Os policiais provavelmente contaram o número de passageiros e verificaram estar tudo dentro da capacidade do carro, justamente porque por lei temos autorização para promover o transporte de passageiros sentados e em pé", completou o Thales.

A empresa se colocou à disposição para esclarecimentos da passageira.   

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole