Eu Repórter

44653

Caixa Federal de Osvaldo Cruz deixa clientes sem dinheiro nos caixas eletrônicos

Consumidores reclamaram de falta de operação de vários caixas

OSVALDO CRUZ - Clientes da Caixa Federal de Osvaldo Cruz reclamaram ao Portal Ocner sobre caixas eletrônicos sem funcionar e outros que restavam em operação sem dinheiro para saque.

O problema foi registrado na tarde de hoje (10), mas o Portal Ocnet não conseguiu contato com a gerência da unidade para uma explicação do que teria ocorrido.

Os clientes ouvidos pela reportagem alegaram prejuízos no pagamento de contas pelo comércio, apesar de terem dinheiro em suas contas.

As reclamações dos consumidores são muitas, especialmente por ser uma terça-feira, dia 10 e muitos terem compromissos no comércio em geral. Muitos costumam sacar recursos nos caixas eletrônicos para o pagamento das contas. Os caixas eletrônicos são vistos como facilitadores, não como empecilhos.

O que fazer?

Queixas sobre valores não liberados por terminais de autoatendimento, ou liberados de forma incompleta, são recorrentes no site Reclame Aqui.

A economista do Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) Ione Amorim orienta que, quando o saque não for liberado pelo caixa eletrônico ouo  valor vier incompleto, o usuário deve entrar em contato imediatamente com o banco.

“Nestes casos, que têm aumentado bastante já há algum tempo, o cliente tem que entrar em contato com o SAC do banco para que a falha seja investigada. Quanto mais rápido for feito o contato, mais rápida será a apuração e solução. Se for uma falha sistêmica do equipamento, irá se repetir também com outros clientes. Além disso, o consumidor deve verificar o número do terminal de autoatendimento, munindo-se do maior número de provas”, explica.  

De acordo com a Febraban (Federação Brasileira dos Bancos), se o problema não for solucionado por intermédio dos canais de atendimento dos bancos em cinco dias, deve ser encaminhado à ouvidoria da instituição, que terá 15 dias para dar uma reposta conclusiva ao cliente.

“Caso o banco alegue que não houve falha no equipamento e que a transação transcorreu normalmente, o consumidor deve registrar, ao mesmo tempo em que recorre à ouvidoria da instituição, uma queixa no Banco Central e também procurar o Procon, que irá orientá-lo para ingressar com uma ação no juizado especial de pequenas causas”, orienta Ione Amorim. 

“É importante alertar ainda os clientes para que fiquem atentos às tentativas de fraudes praticadas por terceiros nos terminais de autoatendimento antes de realizar qualquer transação. Verificar se o caixa eletrônico não apresenta alguma característica que fuja da normalidade”, acrescenta a economista do Idec.
Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole