Eu Repórter

43190

Abate clandestino de boi gera mal cheiro na região leste de Osvaldo Cruz

Moradores do Conjunto Sotei Furugen reclamam sobre descarte de ossos na estrada rural do bairro Jangada

OSVALDO CRUZ - Moradores de propriedades rurais às margens da estrada rural Jangada e do Conjunto Sotei Furugen (210 casas da região leste de Osvaldo Cruz) denunciam e reclamam sobre abate ilegal de animais nas proximidades.

Os abatedores mataram um boi ou uma vaca nas imediações e depois descartaram de forma criminosa os ossos do animal às margens da estrada. O mau cheiro tomou conta das imediações, além de causar poluição ambiental.

"Utilizo a estrada diariamente, bem como meus familiares, moro em  chácara e já tive problemas com isso porque as pessoas que abatem clandestinamento os animais e jogam os ossos na estrada, quando denunciamos, ainda jogam pedras quado passamos por lá", disse o morador que fotografou as ossadas e a poluição à margem da estrada.

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole