Esportes

40956

Pinotti garante permanência de Dorival no São Paulo e diz temer rebaixamento

Dirigente aceita críticas a seu trabalho e ressalta que diretoria de futebol vai analisar pedido de reunião feita pela principal torcida organizada

Vinicius Pinotti conversou com os jornalistas nesta terça-feira (Foto: Marcelo Hazan) Vinicius Pinotti conversou com os jornalistas nesta terça-feira (Foto: Marcelo Hazan)

SÃO PAULO - O diretor de futebol do São Paulo, Vinicius Pinotti, convocou nesta terça-feira uma entrevista coletiva no CT da Barra Funda, após o treino da manhã, para passar o posicionamento da diretoria sobre o momento da equipe na temporada. O dirigente garantiu a permanência do técnico Dorival Júnior independente do resultado na partida do próximo domingo, contra o Vitória, e abriu as portas para receber ajuda de Muricy Ramalho.

– Nossa situação é horrível. É claro que a gente está temeroso (com o rebaixamento), temos trabalhado bastante para reverter isso, não é agora. Estamos preocupados há um tempo. Quanto ao Dorival, estamos satisfeitos com o trabalho dele. Ele é o nosso treinador, acreditamos em continuidade – ressaltou o dirigente.

Pinotti vem sendo alvo de muitas críticas por parte da torcida, que pede alguém mais experiente para comandar o futebol tricolor. Ele mostra respeito pelas opiniões contrárias, mas ressalta que vem trabalhando muito para que a equipe possa reagir no Brasileirão.

– Pressão faz parte da vida. Quando assumi, eu já imaginava que teria pressão, não tem problema, sei conviver com democracia. Tenho confiança no meu trabalho, no trabalho desenvolvido no CT, nas modificações que fizemos. Meu relacionamento com o Leco é o melhor possível – assegurou.

Pinotti, como já fez em outras ocasiões, elogiou o comportamento da torcida. Ele disse que o departamento de futebol está analisando um pedido feito pela principal torcida organizada do clube, que quer uma reunião com dirigentes e jogadores para discutir o momento da equipe.

– Chegou um pedido ontem que está sendo discutido ainda, mas o que podemos fazer no momento é só agradecer a torcida. Sem dúvida nenhuma, a torcida será valorizada. Rapidamente tomaremos uma posição.

Para fechar, o dirigente negou que tenho sido determinado por ele que os atletas não dessem entrevista nesta semana. Só o técnico Dorival Júnior conversará com os jornalistas na sexta.

– Ninguém impôs nada. É simplesmente que, às vezes, quando não tem algo novo a falar, é melhor não falar. Talvez, um formato novo para daqui pra frente – disse.

Para sair do Z-4 do Brasileiro na próxima rodada, o São Paulo precisa ganhar do Vitória (no domingo, em Salvador) e torcer por DOIS ENTRE TRÊS dos seguintes resultados: 1 - derrota ou empate da Chapecoense (contra o Grêmio, no domingo, em Porto Alegre); 2 - derrota do Bahia (contra o Cruzeiro, no domingo, em Belo Horizonte), tirando saldo de quatro gols; 3 - derrota do Coritiba (contra o Palmeiras, na segunda-feira, em São Paulo).

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole