Esportes

40609

Guerra prevê cobrança da torcida do Palmeiras no domingo e pede apoio

Pressão da arquibancada é assunto entre Cuca e jogadores na reapresentação na Academia de Futebol. Verdão recebe a Chapecoense na arena pelo BR

Cuca conversa com os jogadores no treino desta quarta-feira (Foto: Felipe Zito) Cuca conversa com os jogadores no treino desta quarta-feira (Foto: Felipe Zito)

PALMEIRAS - O reencontro do Palmeiras com a sua torcida após a eliminação na Libertadores já tem data e hora marcada. No domingo, o time de Cuca recebe a Chapecoense na arena, às 19h (de Brasília), na expectativa de enfrentar mais cobrança da arquibancada.

Nesta quarta-feira, na Academia de Futebol, a pressão dos torcedores foi assunto de bate-papo entre Cuca e os jogadores do Verdão.

– Sempre vão haver comentários ruins, espero que não aconteça, mas temos de estar preparados. Cuca falou para nós que no domingo a torcida não vai gritar (os nomes dos jogadores) porque estão nervosos. Cuca nos falou isso para não nos pegar desprevenidos – contou o meio-campista.

– Se o torcedor fizer, eles têm suas razões. Para ninguém é segredo que essa equipe estava armada para ser campeã. Se fizerem isso, temos que ter calma, fazer o que sabemos, que é jogar futebol. Tratar de ganhar, jogar bem, para que eles possam desfrutar. Eles sempre estiveram ali, é tratar de jogar e fazer as coisas bem – completou.

No último domingo, antes da partida contra o Vasco, em Volta Redonda, alguns atletas foram ofendidos por torcedores do Palmeiras presentes no estádio Raulino de Oliveira, segundo relato de Guerra.
– Os insultos são ruins porque temos famílias nas tribunas, isso não cai bem. Por isso falo para ter um pouco de paciência. Cuca saiu no fim do ano e depois voltou. Era um time que estava se armando, e tudo necessita de tempo. Precisamos da motivação da torcida – disse o venezuelano.

Na última segunda-feira, a principal torcida organizada do Verdão divulgou manifesto contra a diretoria e reclamando do planejamento da equipe, eliminada no Paulistão, na Copa do Brasil e da Libertadores. No comunicado, eles prometeram incentivar o time durante os jogos, mas que fará cobrança antes, durante e depois das partidas se julgarem que há necessidade.

O Palmeiras é o quarto colocado do Campeonato Brasileiro, com 33 pontos. O time tem como objetivo se manter no G-4 do torneio, o que daria ao clube uma classificação direta para a Libertadores do ano que vem – o quinto e o sexto colocados jogam a primeira fase do torneio sul-americano, em mata-mata.

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole