Esportes

47757

Betão Alcântara faz balanço da estreia no comando do Azulão

Novo treinador do Azulão dirige o time das arquibancadas, fica satisfeito com volume de jogo e lamenta terceira derrota na Segundona

OSVALDO CRUZ - A estreia no comando do Osvaldo Cruz foi a distância, mas permitiu ao novo treinador do time, Betão Alcântara, tirar várias conclusões, com base nas observações e "sentimentos" que trouxe de José Bonifácio, onde o Azulão perdeu para a equipe da casa no último final de semana, pela sétima rodada do Campeonato Paulista da Segunda Divisão – quarto patamar estadual. Apesar do placar adverso, Betão afirma que as impressões boas trazidas de lá pesam mais na avaliação feita e poderão fazer a diferença na recuperação buscada pelo time, na busca por uma vaga na fase seguinte.

"Voltei com sentimentos: um de satisfação e outro de tristeza. Um de satisfação por tudo aquilo que a equipe jogou, principalmente no primeiro tempo, quando criamos cinco grandes chances, mas acabamos tomando um gol de bola parada, em uma falta lateral. E o sentimento de tristeza pela derrota. Mas, para mim, o mais importante é ver que o time não se entregou em nenhum momento. Pois ninguém daria jeito em um time que se entrega antes da hora".

O Osvaldo Cruz venceu apenas na estreia pela Segundona. A partir disso, foram dois empates e três derrotas, o que faz com que a equipe atravesse uma série negativa de cinco jogos sem vitória. Betão celebra as próximas duas semanas que terá para apenas treinar o time, uma vez que o Azulão exerce folga de tabela na próxima rodada e volta a campo apenas no dia 25, quando recebe o Bandeirante.

O treinador do Osvaldo Cruz também explica que, neste período, tanto o setor defensivo quanto o ofensivo terão a mesma dose de atenção, já que ambos deixaram a desejar em alguns aspectos no duelo em José Bonifácio.

Apesar de criar mais que o adversário e não ser pressionado em nenhum momento, o fato do time ter levado dois gols de bola parada não agradou e teve destaque na análise do treinador. A queda no rendimento ofensivo, vista na primeira metade da etapa final, também foi citada, assim como a melhora nesse quesito que o Osvaldo Cruz apresentou após as entradas dos estreantes Icaro ("Pará") e Ataliba

Castilho 220 (esportes) - 14/05/19

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole