Esportes

41750

Alberto Valentim "ignora" protesto e destaca atuação de "esquecidos"

Técnico não comenta ação de organizada na porta do CT e elogia jogadores que não vinham atuando, como Luan, Michel Bastos, Felipe Melo e Deyverson

Alberto Valentim, técnico do Palmeiras (Foto: Marcos Ribolli) Alberto Valentim, técnico do Palmeiras (Foto: Marcos Ribolli)

PALMEIRAS - O técnico Alberto Valentim elogiou a força do grupo do Palmeiras na vitória sobre o Flamengo por 2 a 0, na tarde deste domingo, na arena do Verdão. Ele destacou a atuação de jogadores que não vinham tendo oportunidades, como Luan, Michel Bastos, Felipe Melo e Deyverson, sendo este último o autor dos dois gols do jogo.

– O Deyverson, quem está no dia a dia do time sabe disso, treina muito forte, se esforça, não deixou se abater quando eu preferi escalar o Willian, e hoje mostrou qualidade. Isso é ter elenco forte. É não deixar de treinar e dar sua contribuição quando chamado. Não só ele, mas também o Luan, o Michel, o Felipe Melo... eles conseguiram suprir a ausência dos que vinham jogando mais – disse Valentim.

– Todos os que estão no elenco têm que estar prontos para jogar. Infelizmente não posso trazer todos. O Felipe vem trabalhando normalmente, igual a outros, assim como Luan e Michel Bastos. Eles estão de parabéns – completou.

Questionado sobre o protesto de uma torcida organizada na porta da Academia de Futebol neste domingo, inclusive com uma "lista de dispensas", Alberto Valentim respondeu:

– O que eu quero falar do torcedor: é só lembrar que a nossa coletiva juntos (na sexta-feira) foi para nos fortalecermos e também muito para trazer o torcedor, então quero aproveitar novamente para convocar o torcedor para este jogo com o Sport (quinta-feira), vai ser muito importante pra gente conquistar o objetivo (de ficar entre os quatro primeiros e conquistar vaga na fase de grupos da Libertadores).

Sobre a parte tática, explicou que a ideia era ter um volante fixo como Felipe Melo, "mas com qualidade para sair jogando", e dar liberdade a Dudu:

– A intenção era deixar mais solto, como ponto de partida, partindo do meio e buscando as beiradas, indo por trás do Deyverson, fazendo com que nós não perdêssemos também na nossa recomposição. O Felipe Melo sentiu um pouco a parte física (e por isso foi substituído). Vamos agora estudar o Sport para depois definir quem serão os 11.

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole