- Atualizado em 29/03/2018 06:59

Educação

43342

Universitários da Fadap/Fap protestam contra decisão do prefeito Mazucato em adequar transporte

Estudantes dizem que houve quem perdesse provas e datas de trabalhos e houve viagem em pé

OSVALDO CRUZ - Alterações em ônibus que transportam alunos para a Faculdade FADAP/FAP em Tupã e mais matriculados em cursinhos pré-vestibulares e a Unesp causaram confusão entre os alunos e o prefeito Edmar Mazucato (PSDB) no começo da noite de hoje (27).

Alunos enviaram ao Portal Ocnet imagens de concentração de universitários em determinados pontos antes do embarque e até um vídeo em que é possível ver o prefeito Edmar Mazucato (PSDB) batendo boca com os estudantes num posto de combustíveis, também um dos pontos já na saída da cidade.

Os alunos dizem que houve prejuízo com as mudanças e a polêmica. Alguns afirmam que perderam horário de provas e data para entrega de trabalhos, principalmente no curso de Direito.

Além disso, os universitários afirmam que com as mudanças os alunos tiveram que ser deslocados de ônibus e um deles, maior, não tem condições de levar com segurança todos os estudantes porque há bancos danificados.

Os universitários se concentraram num dos primeiros pontos, no Jardim América, no sentido de assegurarem lugares num dos microonibus que fazem a linha. Quando chegaram num posto na saída da cidade todos foram obrigados a descer e o prefeito Edmar Mazucato, pessoalmente, fez as mudanças. Os estudantes discordaram e fotografaram colegas viajando em pé e acusam Mazucato por atraso na chegada a Tupã.

"Chegamos perto das 20 horas e perdemos provas e trabalhos, que estavam marcados para 19h10", disse um dos universitários de Direito.

Posição do prefeito

Mazucato explicou que as mudanças foram necessárias porque houve a sanção da nova lei que amplia para os alunos de cursos pré-vestibulares o direito ao transporte.

"São, ao todo, 72 alunos e oferecemos 75 vagas em um ônibus grande e dois microonibus, um deles terceirizado e outros da própria frota municipal. Então o que fizemos é que um dos micrroonibus foi designado para levar os 9 alunos do cursinho e mais 3 da Unesp porque o ônibus grande não passa em determinadas ruas de Tupã. O direito é para todos e todos têm suas vagas garantidas", disse Mazucato.

De acordo com o prefeito são 61 alunos da Fadap-Fap levados em um ônibus grande e um microonibus da Prefeitura e que os alunos foram avisados previamente das mudanças.

 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole