- Atualizado em 15:43

Educação

45277

OC fica abaixo da meta do Índice de Educação Básica (IDEB)

Intervenção do Ministério Público foi preponderante para nota abaixo da meta, segundo Secretaria de Educação

OSVALDO CRUZ - O município de Osvaldo Cruz não atingiu a meta prevista  para o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Mesmo assim, as escolas locais ultrapassaram a meta nacional, porém ficaram aquém do estipulado pelo MEC.

Entre 18 cidades da região da Alta Paulista, Osvaldo Cruz ficou na antepenúltima colocação, atrás de cidades menores como Sagres, Rinópolis, Parapuã, Lucélia, Junqueirópolis e Tupi Paulista, entre outras.

Nota aquém da meta

A diferença entre a nota alcançada pelas escolas do município e a meta estipulada no índice geral, foi de 0.2 pontos. Segundo a avaliação do Ideb, o município de Osvaldo Cruz obteve 6.3 pontos para uma meta de 6.5.

Nona Dulce 11 (educação) - 06/09/18

Intervenção do Ministério Público foi preponderante para nota abaixo da meta

Em entrevista à imprensa, a secretária de Educação do município, Maria Leny Scramin, explicou que o fato da cidade ter ficado abaixo da meta e entre umas das últimas no ranking regional está ligado a um ano que começou conturbado, especialmente com a interferência do Ministério Público local, que exigiu uma série de mudanças relacionadas aos profissionais contratados por processo seletivo.

"Por conta disso, muita coisa precisou ser mudada, houve a realização de concursos para a contratação efetiva de novos professores e outros profissionais, o que pode ter influenciado no desempenho dos alunos e professores e no resultado da avaliação", disse a preifessora Leny.

Escola a escola

Individualmente, das cinco escolas da rede municipal avaliadas, apenas três ficaram abaixo da meta estipulada pelo MEC: Alice Bernardes Silva (Jardim Paraíso) e Rosa Ruth Ruggia Martins (Jardim Alvorada) com nota 6.3 e a pior colocada, Max Wirth com apenas 5.7

Já as escolas Getúlio Vargas (nota 7.1) e Carmen Nápoli de Castro (nota 6.5) permaneceram acima da meta do governo federal para o município.

Providências

A secretária Leny explicou que já foram realizadas reuniões de avaliação interna com os professores, coordenadores e representantes da Secretaria, no intuito de entender as razões das escolas que não atingiram a meta terem ficado abaixo do resultado esperado. "Isso já acontece a alguns anos e os profissionais da educação estão trabalhando para que o índice para os próximos anos sejam melhores, conseguindo atingir ou ultrapassar as metas estipuladas", completou.

A Secretária de Educação de Osvaldo Cruz, Maria Leny Scramin, destacou que a diferença para alcançar a meta na avaliação de todas as escolas do município é de apenas 0,2 pontos e que será possível recuperar esse resultado rapidamente.

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole