Educação

47815

Câmara de Adamantina recebe denúncia que envolve curso de Medicina da UniFAI

Denúncia recebida pelo legislativo foi lida em plenário, na sessão desta segunda-feira (20)

ADAMANTINA - A Câmara Municipal de Adamantina recebeu denúncia que envolve o Centro Universitário de Adamantina (UniFAI). A denúncia tem seu autor identificado, foi recebida por e-mail e lida em plenário, na sessão ordinária desta segunda-feira (20). Ainda durante a sessão, cópia do material foi entregue a todos os vereadores.

O denunciante é o advogado Francisco de Assis Alves de Neiva, morador em Brasília (DF). No documento, ele relaciona atos administrativos, decisões e condutas da reitoria, que em sua maioria têm relação com o curso de medicina, e pede que o legislativo instaure procedimento investigatório.

Entre os pontos narrados no documento, o denunciante questiona aspectos ligados aos estágios de estudantes do curso de medicina na Santa Casa de Adamantina. Nesse tema, o denunciante questiona os custos financeiros dos estágios assumidos pela UniFAI, a demanda de pacientes no hospital e suas condições estruturais, e faz um comparativo de custos com as despesas assumiras pela autarquia com o internato dos estudantes da primeira turma do curso, em Araçatuba.

Em outro ponto, o denunciante questiona as nomeações feitas pela reitoria, de pessoas próximas ao prefeito, concursadas na UniFAI, para ocupar funções comissionadas. O denunciante destaca que o reitor é nomeado pelo prefeito, e as nomeações no âmbito da autarquia, pela reitoria – segundo coloca – caracterizaria nepotismo cruzado.

O denunciante questiona também nomeações e observa sobre a representatividade na composição de uma comissão de análise de questões técnicas, pedagógicas e financeiras, feita pela reitoria, por meio de portaria.

Um outro item denunciado envolve a aquisição de dois aparelhos celulares pela autarquia, ao custo de R$ 5.128,20, e questiona que a instituição poderia contratar serviços junto à operadora que por sua vez concederia os respectivos aparelhos.

Também na denúncia é questionada a decisão da UnIFAI em realizar convênio com o grupo que administra a Santa Casa de Adamantina, e diz que o prefeito de Adamantina interfere nas ações da reitoria da UniFAI.

O denunciante pede que seja dada ciência da denúncia ao Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

Através de nota, a Unifai informa que há empenho para a execução dos estágios e do internato.

Quanto às nomeações, estas são feitas pela Reitoria baseadas em competências, formação e atributos exigidos para cada cargo ou função.

LabVida 233 (educação) - 22/05/19
 

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole