- Atualizado em 14:46

Educação

52544

Secretária de Educação orienta pais após suspender início de aulas presenciais

Educação Municipal trabalha no planejamento para as mudanças necessárias ao retorno de atividades.

OSVALDO CRUZ - A Prefeita Vera Lúcia Alves, a Vera Morena, editou o decreto em que suspende pelo menos até o dia 1º de março a retomada de aulas presenciais em escolas do Município de Osvaldo Cruz.
 
Estão suspensas ainda as atividades presenciais nas escolas públicas e particulares da cidade.
A decisão foi tomada diante da necessidade de conter a disseminação da pandemia da COVID-19 e pelo fato de Osvaldo Cruz estar na fase “Vermelha” do Plano São Paulo de enfrentamento à doença, como explicou em entrevista a Secretária Municipal de Educação, Inês Pieretti.
 
“A intenção era que as aulas fossem retomadas e todas as crianças estivessem nas escolas, temos um protocolo a seguir que vem desde o Governo do Estado, onde teríamos início com 35% dos estudantes. Porém devido ao agravante na saúde do município, não há possibilidade de retorno as aulas na Fase Vermelha”, disse a Secretaria de Educação.
 
Reunião com escolas particulares 
 
Nesta quinta-feira, 20, a prefeita recebeu em reunião os representantes das escolas particulares de Osvaldo Cruz para adaptações de protocolos para volta às aulas. 
 
“A cidade está preparada para voltar às aulas do 1º ao 5º anos, porém as creches ainda não. Como não houve transição de governo entre a administração passada e esta, as creches não foram adequadas para o retorno”, disse a secretária Inês. 
 
Entretanto,  a Educação Municipal trabalha no planejamento para as mudanças necessárias ao retorno de atividades.
 
Próximos 15 dias 
 
A intenção é nos próximos 15 dias poder colocar em funcionamento quatro creches localizadas em pontos mais distantes do centro da cidade e, dentro do possível,  voltar às aulas gradativamente nas outras escolas de ensino fundamental.
 
“Mas devemos observar o enquadramento da cidade no Plano São Paulo de enfrentamento à pandemia, o Plano São Paulo e os índices de ocupação de leitos hospitalares e o quadro epidemiológico”, disse Inês Pieretti.
 
Professores 
 
Em relação ao trabalho dos professores, nesta semana começou o período de remoção de profissionais aposentados e também na atribuição de aulas, que será totalmente online.
 
Outro ponto negativo para a reabertura das creches é a falta de recursos humano. “Muitas professoras se aposentaram, se demitiram ou se mudaram e nós não podemos contratar devido a uma lei federal de maio do ano passado”, disse Inês.
 
Matrículas 
 
Já os pais que desejam matricular ou transferir seus filhos devem ligar na Secretaria da Educação para agendar um horário de atendimento e evitar aglomerações. 
 
A Secretária Municipal de Educação relembrou que a partir dos 4 anos, é obrigatório que toda criança esteja na escola.
Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole