Economia

48936

Yes reinaugura fábrica em Lucélia e fortalece investimento na região

Com unidades produtivas em Lucélia e Borá, empresa fomenta geração de empregos

LUCÉLIA -  Nesta quarta-feira (30), a Yes, empresa que desenvolve soluções biotecnológicas para uma nutrição animal eficaz, reinaugurará sua fábrica, em Lucélia, com a presença do prefeito Carlos Ananias Campos de Souza Junior. Nos últimos 12 meses os investimentos em infraestrutura nas duas unidades somaram R$ 20 milhões, e fazem parte das estratégias de reposicionamento da marca para 2020.

“Concebida sobre os pilares da sustentabilidade, segurança alimentar e bem-estar animal, a Yes se orgulha de ser uma empresa altamente comprometida com o ambiente no qual está inserida, atuando com processos produtivos 100% sustentáveis e reconhecidos internacionalmente, e com certificações como a Patente Verde concedida pelo INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) para novas tecnologias voltadas à preservação do meio ambiente. Temos também a certificação GMP+, internacionalmente reconhecida como um selo que garante a qualidade, a segurança de alimentos e atesta aos consumidores que os ingredientes são manipulados em toda a cadeia de fornecimento de maneira responsável”, salienta o diretor de operações da Yes, Leonnardo Lopes Ferreira.

A empresa garante também a geração de emprego na região. Só na unidade de Lucélia são empregados 140 colaboradores, estando 100 na fábrica e 40 no IBC (Centro de Distribuição). Em Borá (SP) são 21 funcionários e o número pode chegar à marca de 60 no próximo ano.

Unidades em Borá e Lucélia

As unidades de Lucélia, com a produção de minerais, leveduras e derivados e a de Borá, para levedura e derivados atendem ao padrão da norma GMP+, que contempla os requisitos exigidos pelos HACCP/APPCC (Análises de Perigo e Pontos Críticos de Controle), GMP/BPF (Boas Práticas de Fabricação), clientes e legislações nacionais e europeias. No Brasil, o certificado foi concedido a 197 companhias, sendo a Yes a quarta empresa a receber a certificação em aditivos (feed additives).

Operando 12 meses por ano a unidade de Lucélia, instalada em um terreno de 100 mil m2, sendo 30 mil m2 de área construída, tem eficácia produtiva de 20 mil toneladas de mistura, e 6 mil toneladas de secagem por ano.

Com planos de expansão de pessoal para 2020, a unidade de Borá possui 12 mil m2 construídos em 20 mil m2 de terreno. Os planos de crescimento se refletem também na capacidade produtiva, que em 2019 será de 5 mil toneladas/safra e, em 2020 de 17 mil toneladas/safra.

Dê sua opinião

Não serão aceitas mensagens com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;


Comentários
 
Fechar

Lista Telefônica Online

Preencha um dos campos abaixo e faça a consulta

Telefone

 
 
 
Fechar
Rádio Califórnia Rádio Clube Rádio Max Rádio Metropole